Página 1 dos resultados de 612 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

‣ A demanda de importações de etanol pela Suécia e pela União Europeia

Czinar, Manuela de Moraes
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
37.295422%
Como consequência da crescente preocupação, especialmente dos países desenvolvidos, em relação à dependência do petróleo e às mudanças climáticas, a participação dos biocombustíveis na matriz energética global está se tornando cada vez mais relevante. No Brasil, o mercado interno foi o determinante para o desenvolvimento da indústria sucroalcooleira nos últimos anos, mas sabe-se que a continuação desta tendência no médio prazo dependerá da demanda internacional pelo etanol brasileiro. De forma a compreender o potencial importador de etanol da União Europeia e, em particular, da Suécia, propôs-se, nesta dissertação, analisar os determinantes de suas importações. O presente trabalho descreveu a evolução do mercado de etanol no bloco, focando-se nos incentivos e políticas adotadas na Suécia, país-membro que está mais avançado na substituição da gasolina pelo etanol. Utilizando-se de dados de 2006 a 2009 e assumindo que as importações de etanol são resultantes de um excesso de demanda doméstica pelo biocombustível, analisaram-se as relações econômicas entre as variáveis. Observou-se que as variáveis associadas à demanda daquele bloco são, de forma geral, mais importantes na explicação do quantum importado do combustível do que as variáveis associadas à oferta regional. O impacto do aumento em 1% do preço da gasolina é de decréscimo de aproximadamente 1...

‣ A retração do welfare state na Suécia e Dinamarca

Correa, Juliana
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
37.406492%
O presente trabalho tem como objeto o processo de reforma das políticas públicas de previdência social e saúde ocorridas na Suécia e Dinamarca, a partir dos anos de 1980. Buscou-se analisar se estas transformações se enquadram no que ficou conhecido na literatura como retração do welfare state. Para tanto, propôs-se um arcabouço metodológico capaz de captar os múltiplos aspectos desse fenômeno. Concluiu-se que apesar de incrementais, as mudanças ocorridas apontam na direção de um Estado de Bem Estar mais residual. Essa análise contrasta com o trabalho desenvolvido por Pierson (1994), que ressalta a dificuldade de se colocar em prática uma estratégia bem sucedida de desmanche do welfare state, devido ao viés político negativo dessa medida. Argumentou-se que esses países foram capazes de implementar mudanças impopulares por meio de estratégias distintas: enquanto na Suécia o consenso em torno das reformas permitiu aos partidos evitarem a punição eleitoral, na Dinamarca a alternativa foi a mudança fora da via institucional, no âmbito dos governos regionais e da burocracia, o que fragmentou a oposição e minimizou o efeito negativo destas mudanças.

‣ Desenvolvimento da Suécia durante os Anos dourados do Capitalismo: fatores históricos, ascensão do Welfare State, influências de Gunnar Myrdal e o modelo Rehn-Meidner

Ansai, Kleber Yuiti
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Português
Relevância na Pesquisa
27.295422%
A Suécia está entre os países desenvolvidos que mais obtiveram êxito na construção do seu Estado de Bem-Estar Social (Welfare State). Esta instituição amadureceu durante os Anos Dourados do Capitalismo (1945 - 1975). O sucesso na sua construção pode estar ligado a uma série de fatores, como: o contexto internacional de Bretton Woods; as raízes históricas do país, com suas especificidades institucionais, econômicas e sociais; a atuação do Partido Social Democrata sueco, que contou com a participação de Gunnar Myrdal, um grande pensador econômico e um dos maiores teóricos referentes ao Welfare State; o Modelo Rehn-Meidner, que foi elaborado na década de 1950 e visou crescimento econômico, pleno emprego, controle inflacionário e equalização da renda simultaneamente através de políticas macroeconômicas contracionistas, Políticas Ativas no Mercado de Trabalho e Política de Salário Solidário. Dado tudo isto, o objetivo desta pesquisa é entender o processo de desenvolvimento do país e do seu Welfare State, analisando as medidas adotadas no período de 1950 a 1975, com particular interesse em identificar as possíveis influências que o Modelo Rehn-Meidner e o pensamento econômico e político de Gunnar Myrdal tiveram na escolha das políticas que contribuíram para o desenvolvimento do país. Além disso...

‣ Educação dos 0 aos 6/7 anos em Portugal e na Suécia: estudo comparado

Ferreira, Margarida Teixeira Serra
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
27.406492%
A Suécia lidera muitos dos estudos acerca da qualidade de vida e da educação das crianças dos 0 aos 6/7 anos de idade. Por outro lado, Portugal apresenta duas etapas de educação e cuidados infantis completamente desarticuladas, dos 0 aos 3 e dos 3 aos 6 anos de idade, remetendo para a primeira um carácter meramente de apoio social, marcada por um estatuto socialmente menor, formação menos exigente e deficientes condições de trabalho dos profissionais que se dedicam a esta faixa etária. Pretende-se saber se cada um dos países em comparação, entre si e com o referencial das organizações internacionais, cumpre (ou não) os seguintes requisitos: as mães trabalhadoras devem beneficiar de licença paga ou de licença acompanhada de serviços de segurança social adequados até aos 18 meses de idade da criança; os pais têm o direito de escolher o género de educação a dar aos seus filhos, nomeadamente escolhendo a melhor altura para a criança, entre os 12 e os 24 meses, ser admitida na educação básica ou outra modalidade alternativa; a educação básica (como nível 1 do QEQ) prolonga-se num só nível até ao correspondente ao actual 2.º ano do 2.º CEB, começando aos 2 / 3 anos (ou um pouco antes), com os mesmos professores com a mesma formação e o mesmo estatuto. Fez-se um estudo comparado da educação dos 0 aos 6/7 anos em Portugal e na Suécia e a articulação com a educação básica como preconizada pelas orientações internacionais. Comprovou-se que até aos 18 meses as crianças devem permanecer numa educação do tipo familiar...

‣ O sistema de educação na Suécia

Cunha, Vasco
Fonte: Instituto Politécnico de Viseu Publicador: Instituto Politécnico de Viseu
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /10/1998 Português
Relevância na Pesquisa
37.131465%
O acesso de todos os cidadãos a uma educação equivalente, independentemente do sexo, de grupos étnicos, e de classe social; uma escola obrigatória (de nove anos) e uma escola secundária superior (de três anos) compreensivas, abertas a todos os jovens; a co-educação; a validade nacional dos currícula, tanto para a escola obrigatória como para a não obrigatória, são princípios fundamentais do sistema educativo da Suécia. Por outro lado, a escola especial para indivíduos portadores de deficiência, a escola Sami para a única minoria claramente definida no país, a educação de adultos, com diversidade de opções, e integrada no sistema de ensino público, e a formação contínua, igualmente oferecida em todo o país numa grande multiplicidade de formas, contribuem para a solidez de um sistema estruturalmente uniforme em todos os níveis em que se desenvolve.

‣ The European Internationalist: sweden and european security cooperation

Aggestam, Lisbeth
Fonte: Instituto da Defesa Nacional Publicador: Instituto da Defesa Nacional
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2007 Português
Relevância na Pesquisa
27.131465%
A política de segurança e defesa sueca mudou radicalmente desde o fim da Guerra Fria. A neutralidade foi abandonada, sendo o não-alinhamento significativo na forma como salvaguarda a independência relativamente a quaisquer compromissos de aliança militar. A Suécia tem apoiado o desenvolvimento de uma Política Europeia de Segurança e Defesa (PESD), sendo um parceiro activo na arquitectura de cooperação da NATO. Estas iniciativas teriam sido impensáveis durante a Guerra Fria. No entanto, este artigo suporta a ideia de que as mudanças da política sueca de segurança e defesa são enquadradas por uma tradição de política externa de alcance mundial de feitura do bem, que precede o fim da Guerra Fria e que se enquadra numa concepção de internacionalismo moral. O envolvimento sueco nas operações da PESD e NATO é visto como servindo um conceito alargado de segurança. Assim se explica como é que a Suécia se envolveu tão empenhadamente na cooperação com a UE e com a NATO, e se justifica uma reduzida polémica no debate político interno relativamente às mudanças sobre a política sueca de segurança e defesa.

‣ Mortalidade infantil nos Estados Unidos, Suécia e Estado de São Paulo

Laurenti,Ruy
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/1987 Português
Relevância na Pesquisa
37.48671%
São apresentados dados de mortalidade infantil, neonatal precoce, neonatal, pós-neonatal e perinatal, para Estados Unidos e Suécia e o Estado de São Paulo em uma série temporal de 1950 a 1982. A Suécia, consistentemente, apresenta os menores coeficientes, sendo que aqueles para o Estado de São Paulo podem ser considerados ainda bastante elevados, pois no início da década de 80 apresentava uma mortalidade infantil igual a daquele país meio século antes e a mortalidade de menores de 1 dia foi maior que a mortalidade para todo o primeiro ano de vida na Suécia. Para as três populações existe declínio de todos os coeficientes, porém, para a Suécia e os Estados Unidos, ainda que com números já bastante baixos em relação ao Estado de São Paulo no início do período estudado, o declínio tem sido maior.

‣ Formando Trabajadores Sociales en Suecia

Montesino,Norma
Fonte: Cortez Editora Ltda Publicador: Cortez Editora Ltda
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.295422%
Este artículo discute cierta contradicción existente entre el contenido de la Educación en Trabajo Social de Suecia y las realidades cambiantes del sistema de bienestar sueco. La integración social de todos los ciudadanos ya no forma parte de las políticas que rigen las actividades de bienestar sueco, sin embargo, este enfoque sigue siendo una premisa en muchos de los contenidos de la educación institucionalizada de los trabajadores sociales en Suecia.

‣ 35 anos de educação bilíngue de surdos - e então?

Svartholm,Kristina
Fonte: Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná Publicador: Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2014 Português
Relevância na Pesquisa
27.131465%
Neste artigo, apresenta-se um panorama dos últimos 35 anos de educação bilíngue para surdos, na Suécia. Faz-se uma breve apresentação dos conceitos de "primeira língua/língua materna" e "segunda língua/língua estrangeira", utilizados neste contexto específico, para debater alguns dos principais pressupostos subjacentes ao ensino de primeira e segunda língua para crianças surdas. Discutimos os principais resultados da abordagem bilíngue, demonstrando o alto nível de conquistas, quando consideradas em uma perspectiva internacional. Esses resultados são comparados com dados do primeiro período de educação de surdos na Suécia, após a fundação da escola de Manilla em 1809. A base comum para estes exemplos de sucesso na educação de surdos pode ser resumida como uma atitude positiva em relação à língua de sinais e seus usuários. Em seguida, discutem-se algumas diferenças entre as línguas de sinais naturais versus a utilização simultânea de sinais e fala, quando o interlocutor surdo normalmente recebe informações linguísticas inconsistentes, fazendo com que esta prática seja menos adequada para o aprendiz da língua. Segue-se uma discussão de ensino de língua para crianças surdas, incluindo o ensino de uma terceira língua...

‣ A comunicação da responsabilidade social empresarial (RSE) na Suécia, Tailândia e Brasil: uma abordagem comparativa em empresas de construção civil

Pereira,Breno A. Diniz; Wottrich,Vanessa H.; Dalmoro,Marlon; Venturini,Jonas Cardona
Fonte: Escola de Administração da Universidade Federal da Bahia Publicador: Escola de Administração da Universidade Federal da Bahia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2010 Português
Relevância na Pesquisa
37.131465%
A Responsabilidade Social Empresarial (RSE) tem recebido crescente atenção, tanto na área acadêmica como corporativa. As empresas, geralmente, definem sua abordagem de RSE sob diferentes visões, sendo influenciadas por distintos fatores em nível regional, industrial, nacional e empresarial. O presente estudo tem como objetivo identificar como as maiores empresas da indústria de construção civil da Suécia, Tailândia e Brasil se apresentam em termos de Responsabilidade Social Empresarial. A pesquisa foi realizada mediante a análise de documentos organizacionais provenientes das maiores empresas de construção civil dos países mencionados. Para coleta de dados, utilizou-se o modelo proposto por Silberhorn e Warren (2007) que inclui princípios motivadores da RSE, processos de RSE e questões relacionadas a Stakeholders. Os resultados sugerem que as motivações corporativas para a RSE são direcionadas predominantemente por valores, o que indica que a RSE tem se tornado um tema estratégico inserido nos valores corporativos. Observou-se uma distinção entre as empresas dos três países. As empresas suecas possuem foco na perspectiva ambiental, as tailandesas na perspectiva econômica por meio da governança corporativa e accountability...

‣ O direito, a justiça e a administração na Suécia

Tavares, Osvaldo Hamilton
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
37.48671%
Analisa o Sistema jurídico, a adminitração da justiça e o Poder judiciário, e a Adminitração pública da Suécia.

‣ Tercera relacion, conversion admirable de la serenissima Reyna de Suecia.

Cristina, Reina de Suecia, 1626-1689
Fonte: Impresso en Sevilla : por Francisco Ignacio Publicador: Impresso en Sevilla : por Francisco Ignacio
Tipo: Livro
Português
Relevância na Pesquisa
37.131465%
Pie de imp. tomado del colof??n.; Enc. Perg.; Sign.: A4

‣ Relaciones ??tnicas y curr??culos acad??micos en la formaci??n de trabajadores sociales en Suecia: un proyecto de investigaci??n

Montesino, Norma; Righard, Erica; Wikstr??m, Eva
Fonte: Universidad de Granada. Departamento de Trabajo Social y Servicios Sociales Publicador: Universidad de Granada. Departamento de Trabajo Social y Servicios Sociales
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
37.295422%
http://revistaseug.ugr.es/index.php/tsg/article/view/1524/1713; En una investigaci??n iniciada recientemente estudiamos los contenidos que se dan al tema de las relaciones ??tnicas en los programas de educaci??n para trabajadoras/es sociales en Suecia. Entendemos que en Trabajo Social ??sta es un ??rea de conocimiento cuyos contenidos var??an de acuerdo a las prioridades y tradiciones dominantes en diferentes per??odos de la historia de la formaci??n de profesionales del Trabajo Social. El objetivo espec??fico de nuestro estudio es describir las diferentes formas de conceptualizar las relaciones ??tnicas en los programas de estudio, estudiar como esos conocimientos influyen en las formas y contenidos de los diferentes momentos que componen esos programas y adem??s analizar c??mo esas formas y contenidos influyen en la comprensi??n sobre temas relacionados con la migraci??n que hacen los estudiantes. En este art??culo sostenemos que el tema de las relaciones ??tnicas deber??a ser un tema central en la formaci??n acad??mica de trabajadoras/es en Suecia. El objetivo de nuestro art??culo es participar en el di??logo internacional que se ha iniciado en esta revista, un di??logo que apunta a la necesidad de adecuar los contenidos de la carrera de Trabajo Social a las exigencias de una sociedad global.; In recently initiated research project we analize the contents of educational programs for social workers in Sweden with regards to ethnical issues. This field of knowledge has varied over time according to the dominant traditions in Social Work Education. The specific aim of our study is to describe the different ways in which ethnic relations have been conceptualized in the contents of the different parts of these Social Work curriculums. We argue that the issue of ethnic relations should play a central role in the academic training of social workers in Sweden. We also want to participate in the international dialogue initiated by this journal...

‣ Relaciones Prensa-Estado en el modelo Nórdico; As relações Imprensa-Estado no modelo Nórdico; Press-State relations in the Nordic model

Sanmartí Roset, Josep M.; Aguado-Guadalupe, Guadalupe; Magallón-Rosa, Raúl
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP). Programa de Pós-Graduação em Comunicação Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP). Programa de Pós-Graduação em Comunicação
Tipo: info:eu-repo/semantics/publishedVersion; info:eu-repo/semantics/article Formato: application/pdf
Publicado em /09/2010 Português
Relevância na Pesquisa
27.295422%
Aunque cada país ha seguido una evolución histórica distinta en su sistema de prensa, existen características comunes entre Suecia, Noruega, Finlandia y Dinamarca, y en menor medida Islandia, que permiten hablar de un modelo nórdico, que algunos han calificado como corporativista democrático. Por ejemplo, el peso de la prensa de partido, entendidos éstos como defensores de intereses más que como expresión de ideologías, aleja dicho modelo del euromediterráneo, mucho más ideologizado, y del anglosajón, mucho más desregulado. La política educativa en medios de comunicación constituye otro rasgo diferencial importante, así como sus sistemas de ayuda.; Mesmo que cada país tenha seguido uma evolução histórica distinta em seu sistema de imprensa, existem características comuns entre Suécia, Noruega, Finlândia e Dinamarca, e em menor medida na Islândia, que permitem falar de um modelo nórdico, que alguns têm qualificado como corporativista-democrático. Por exemplo, o peso da imprensa de partido, entendida como defensora de interesses mais que como expressão de ideologias, distancia do modelo dito o euromediterrâneo, muito mais ideologizado, e o anglo-saxão, muito mais desregulado. A política educativa em meios de comunicação constitui outro traço diferencial importante...

‣ Suecia quiere abandonar el uso del efectivo

Colegio de Estudios Superiores de Administración
Fonte: Colégio de Estudos Superiores de Administração Publicador: Colégio de Estudos Superiores de Administração
Português
Relevância na Pesquisa
37.131465%
En la entretenida y excitante obra del periodista sueco Stieg Larsson, la coprotagonista y hacker de la trilogía Millennium, Lisbeth Salander, se la pasa en los tres actos haciendo millonarias transferencias y compras en distintos puntos de Suecia. Ni siquiera en su paso por el Caribe –inicio de ‘La chica que soñaba con una cerilla y un bidón de gasolina’–, en su intento por evadir el cerco de las autoridades, usa mucho el ‘cash’.

‣ La investigació sobre els mitjans de comunicació a Suècia

Dahlgren, Peter
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Article; info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
Publicado em //1997 Português
Relevância na Pesquisa
27.406492%
Aquest article descriu l'emergència d'aquest àmbit d'estudi i d'investigació a Suècia. Els estudis sobre els mitjans es consolidaren finalment a les universitats a partir de la formació professional dels periodistes, i també dels cursos sobre els mitjans de comunicació. Aquest àmbit de la recerca va culminar la seva consolidació amb la fundació de l'Associació Sueca d'Investigadors sobre la Comunicació de Masses i amb l'edició, l'any 1987, de la revista especialitzada Nordicom, com a resultat de l'establiment d'un consorci format per tots els Països Nòrdics. A l'article es fa referència a la dependència que tenia la investigació respecte dels corrents empírics nord-americans i dels seus desenvolupaments cognitius subsegüents. S'hi descriu la manera com Suècia ha entrat de ple en el moviment internacional d'investigació en aquest camp i com ha posat el seu accent en les aproximacions crítiques i progressistes en general. Actualment, existeix una coexistència i fins i tot una cooperació entre els partidaris de les línies de recerca quantitatives i qualitatives, d'una banda, i els d'orientació humanista i els provinents de les ciències socials, de l'altra.; Este artículo describe la emergencia de este cuerpo de estudio y de investigación en Suecia. Los estudios sobre los medios se consolidó finalmente en las universidades a partir de la formación profesional de los periodistas...

‣ Mortalidade infantil nos Estados Unidos, Suécia e Estado de São Paulo; Infant mortality in the United States, Sweden and the State of S.Paulo

Laurenti, Ruy
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/1987 Português
Relevância na Pesquisa
37.48671%
Data regarding infant, early neonatal, neonatal, pos-neonatal and perinatal mortality are presented for the USA, Sweden and the State of São Paulo, Brazil, for the period from 1950 to 1982. Sweden, throughout the period presents the lowest rates and the State of São Paulo the highest. The rates for the State of São Paulo can be considered very high and the data show that at the beginning of the 80's the infant mortality was similar to that observed in Sweden half a century before and the mortality under one day of life was higher than that for all the first year of life. For the three populations there is a decline in all the rates, but in Sweden and the USA, although presenting the hower rates, the decline is more pronounced.; São apresentados dados de mortalidade infantil, neonatal precoce, neonatal, pós-neonatal e perinatal, para Estados Unidos e Suécia e o Estado de São Paulo em uma série temporal de 1950 a 1982. A Suécia, consistentemente, apresenta os menores coeficientes, sendo que aqueles para o Estado de São Paulo podem ser considerados ainda bastante elevados, pois no início da década de 80 apresentava uma mortalidade infantil igual a daquele país meio século antes e a mortalidade de menores de 1 dia foi maior que a mortalidade para todo o primeiro ano de vida na Suécia. Para as três populações existe declínio de todos os coeficientes...

‣ La diversificación y consolidación de los servicios sociales para las personas mayores en España y Suecia

Puga González,María Dolores; Sancho Castiello,Mayte; Tortosa Chuliá,María Ángeles; Malmberg,Bo; Sundström,Gerdt
Fonte: Revista Española de Salud Pública Publicador: Revista Española de Salud Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; journal article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: text/html; application/pdf
Publicado em 01/12/2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.406492%
La información sobre los servicios públicos para las personas mayores a menudo se limita a la atención residencial y a la ayuda a domicilio. Sin embargo, estos servicios básicos son en muchos países complementados o sustituidos por otros servicios de menor envergadura, como el transporte, comidas a domicilio, teleasistencia y centros de día. Esta diversificación partió de un racionamiento de los servicios para lograr una asignación más racional de los recursos y, si se podía, un menor gasto. En este trabajo se utilizan diversos datos sobre estos servicios en España y Suecia. Cuando se consideran todos los cuidados, la cobertura de atención es mucho mayor que si sólo se contemplan los servicios básicos. Esto indica una mayor consolidación de los mismos. Los datos sugieren mayor focalización en Suecia, y prestaciones fragmentadas en España, donde parece que los usuarios alcanzan lo disponible, con poca diferenciación entre sus necesidades. Cuando las tasas de cobertura son superiores, como en Suecia, hay mayor solapamiento entre el cuidado familiar y los servicios públicos. Con tasas más bajas, como en España, los cuidados familiares y los servicios públicos son sustitutos unos de otros. Se sugiere que una mayor diversidad de servicios...

‣ La diversificación y consolidación de los servicios sociales para las personas mayores en España y Suecia

Puga González,María Dolores; Sancho Castiello,Mayte; Tortosa Chuliá,María Ángeles; Malmberg,Bo; Sundström,Gerdt
Fonte: Ministerio de Sanidad y Consumo Publicador: Ministerio de Sanidad y Consumo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.406492%
La información sobre los servicios públicos para las personas mayores a menudo se limita a la atención residencial y a la ayuda a domicilio. Sin embargo, estos servicios básicos son en muchos países complementados o sustituidos por otros servicios de menor envergadura, como el transporte, comidas a domicilio, teleasistencia y centros de día. Esta diversificación partió de un racionamiento de los servicios para lograr una asignación más racional de los recursos y, si se podía, un menor gasto. En este trabajo se utilizan diversos datos sobre estos servicios en España y Suecia. Cuando se consideran todos los cuidados, la cobertura de atención es mucho mayor que si sólo se contemplan los servicios básicos. Esto indica una mayor consolidación de los mismos. Los datos sugieren mayor focalización en Suecia, y prestaciones fragmentadas en España, donde parece que los usuarios alcanzan lo disponible, con poca diferenciación entre sus necesidades. Cuando las tasas de cobertura son superiores, como en Suecia, hay mayor solapamiento entre el cuidado familiar y los servicios públicos. Con tasas más bajas, como en España, los cuidados familiares y los servicios públicos son sustitutos unos de otros. Se sugiere que una mayor diversidad de servicios...

‣ Mortalidade infantil nos Estados Unidos, Suécia e Estado de São Paulo

Laurenti,Ruy
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/1987 Português
Relevância na Pesquisa
37.48671%
São apresentados dados de mortalidade infantil, neonatal precoce, neonatal, pós-neonatal e perinatal, para Estados Unidos e Suécia e o Estado de São Paulo em uma série temporal de 1950 a 1982. A Suécia, consistentemente, apresenta os menores coeficientes, sendo que aqueles para o Estado de São Paulo podem ser considerados ainda bastante elevados, pois no início da década de 80 apresentava uma mortalidade infantil igual a daquele país meio século antes e a mortalidade de menores de 1 dia foi maior que a mortalidade para todo o primeiro ano de vida na Suécia. Para as três populações existe declínio de todos os coeficientes, porém, para a Suécia e os Estados Unidos, ainda que com números já bastante baixos em relação ao Estado de São Paulo no início do período estudado, o declínio tem sido maior.