Página 1 dos resultados de 4991 itens digitais encontrados em 0.019 segundos

‣ Para onde vamos? A saúde física e mental de ex-empregados do mercado de trabalho formal, do ramo de metalurgia, que se encontram empregados/ocupados na informalidade. Um estudo comparativo entre Brasil e Argentina.

Silva, Maria de Fatima José da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/05/2006 Português
Relevância na Pesquisa
57.26018%
Essa tese se constitui em uma reflexão crítica que contempla o desemprego do mercado de trabalho formal dos trabalhadores brasileiros e argentinos e sua passagem para o emprego/ocupação na informalidade. Além disso, diagnosticamos, por meio de depoimentos, os efeitos da mudança de emprego sobre a saúde física e mental do grupo de trabalhadores que participou deste estudo. Investigamos também a visibilidade e eficácia dos programas públicos de emprego e saúde dos dois países. Desenvolvemos um conjunto de reflexões teóricas versando sobre as mudanças do mercado de trabalho e o novo padrão de desenvolvimento capitalista, e o processo de informalidade e as razões que levam à inserção dos trabalhadores no mercado de trabalho informal e suas conseqüências sociais. Conceituamos saúde, saúde física e mental, promoção da saúde e trabalho para analisar as políticas públicas e suas influências na saúde dos cidadãos. Caracterizamos e analisamos o complexo saúde/trabalho/informalidade/inseguridade social na Argentina e no Brasil. Através de Sondagem, traçamos o perfil de ex-empregados do mercado de trabalho formal que hoje estão empregados/ocupados na informalidade, e verificamos os agravos na saúde física e mental dos trabalhadores. Dentre os resultados alcançados...

‣ Uma radiografia do comportamento do mercado de trabalho formal no setor de serviços em Santa Catarina (1990-2005)

Zanini, Márcio Alexandre
Fonte: Florianópolis Publicador: Florianópolis
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 70 f.
Português
Relevância na Pesquisa
57.30013%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Sócio-Econômico. Economia.; Importantes mudanças estão ocorrendo na economia mundial a partir do final da década de 70, decorrentes do advento da inovação tecnológica e do processo de reestruturação capitalista, desencadeando uma maior interdependência entre as economias, dando lugar ao que se chama de globalização. Neste processo, as relações de trabalho se transformaram, o modelo de produção pós-fordista que privilegia a produtividade ancorada na flexibilidade, passou a produzir mudanças na economia e na tendência do emprego, sendo expressos em fatores como redução das remunerações, precarização das relações de trabalho e exclusão social, situação comum nos diversos setores das atividades econômicas. No Brasil, essas mudanças econômicas se intensificaram nos anos 90 com a abertura comercial, o ajuste fiscal e a desregulamentação de mercados, contribuindo para a crescente desestruturação do mercado de trabalho. Santa Catarina apresenta um Mercado de Trabalho que segue os mesmos parâmetros da economia nacional no que se refere às tendências do emprego. Houve crescimento de emprego formal em quase todos os setores produtivos...

‣ Depressão e trabalho: ruptura de laço social

Jardim,Sílvia
Fonte: Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho - FUNDACENTRO Publicador: Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho - FUNDACENTRO
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 Português
Relevância na Pesquisa
56.64138%
As depressões irrompem o século XXI como "mal do século" e o mal-estar no trabalho chega ao suicídio. São tempos em que as pessoas se queixam da falta de trabalho, da ameaça de perdê-lo ou das pressões a que se submetem para preservá-lo. O trabalho formal, uma profissão, uma carreira, por sua vez, também não são garantia de um presente estável ou um futuro promissor. A depressão é uma das reações a perdas e a ameaças de perda, seja de emprego ou de um contexto social estruturante, que podem induzir à fragmentação da identidade psíquica. Este ensaio discute o termo depressão dentro do contexto das peculiaridades do mal-estar contemporâneo no trabalho, utilizando dados de noticiários, da bibliografia especializada nacional e internacional e da prática clínica em psiquiatria e pesquisa em saúde mental do trabalhador.

‣ A formação e a qualificação profissional do jovem com deficiência intelectual e sua inserção no mercado de trabalho formal em Curitiba (1990-2010)

Santos, Michele Paitra Alves dos
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
57.12587%
Resumo: A presente pesquisa sociológica analisa a inserção profissional dos jovens com deficiência intelectual no mercado de trabalho formal, problematizando como tem ocorrido a formação e qualificação profissional em Curitiba, para compreender as principais barreiras e entraves encontrados por este grupo para se manter no emprego. Discute o conceito de trabalho, de emprego e de trabalhadores no limiar do século XXI para entender as dinâmicas do campo, passando pelas discussões de Marx e de Durkheim quanto à divisão do trabalho, ao normal e ao patológico, ao indivíduo e à sociedade, como também à representação social. Ainda, as discussões de Braverman quanto aos níveis de qualificação na sociedade moderna; de Castel quanto ao significado da exclusão social e de Goffmann, para visualizarmos o estigma e o desvio social com relação ao outro, no caso o deficiente. Também diferencia a deficiência, da doença mental, como um transtorno. Apresenta o Estado de direito, a legislação trabalhista mediante três marcos legais para a pessoa com deficiência, pós Constituição Federal de 1988, sendo eles: a Lei nº 7.853/89; o Decreto nº. 3.298/99, que a regulamenta e a Lei nº 9.213/91, conhecida como a Lei de Cotas. Esta Lei foi motivo de muitas críticas...

‣ Trabalhadores por conta própria: O trabalho dos vendedores ambulantes da passarela do Natal shopping e do Via Direta

Oliveira, Joilma de Deus
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Serviço Social; Serviço Social, Formação Profissional, Trabalho e Proteção Social; Serviço Social, Cultura e Relaçõe Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Serviço Social; Serviço Social, Formação Profissional, Trabalho e Proteção Social; Serviço Social, Cultura e Relaçõe
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
56.933325%
This study aid to understand the work conditions of street vendors located on the sidewalks of two malls in Brazil Northeast Natal / RN - Both malls Natal Shopping and Via Direta, to analyze their inclusion in the informal economy and to study the supposed autonomy provided by work as self-employment in its both aspects economic and social analyzing the importance on the condition of "masters of their own business" has for the street vendors, as an alternative to not submission to the figure of the boss, that represents the exploitation of one class over another. The theoretical and methodological aspects that support this study was aimed in discussion on the restructuring of production, considering its effects on the world of work, pointing to unemployment as one of the potencies element of excluded processes that exciting workers to engage in the informal market. Informality is presented as a survival strategy and as integrating part of the reproduction of capital. This research was conducted under a critical perspective, whish has been utilized quantitative and qualitative analyses. The results of this study format questions that provided during the research process the socio-economic characterization of workers, main cause of this study...

‣ MEMÓRIAS PÓSTUMAS DE UMA CATEGORIA EM TRANSFORMAÇÃO: A FORMALIZAÇÃO DO TRABALHO INFORMAL

Fonte: Organizações Rurais & Agroindustriais Publicador: Organizações Rurais & Agroindustriais
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
57.242856%
As sociedades que se estruturam tendo a venda e a compra do trabalho como dimensão central da vida social encontram-se em crise. O mercado de trabalho não é, nem pode ser, o único espaço de alocação do trabalho social sob pena de que a atividade produtora de valores de uso, reprodutora da identidade cultural e social, organizada segundo princípios outros que não os da valorização do capital, sucumba, implodindo a própria estrutura da sociedade. O crescimento do trabalho informal não é senão apenas um dos sinais mais explícitos do próprio funcionamento da atividade produtora de valor de troca quando submete e modela o trabalho antes formal agora sob uma nova forma. O trabalho informal, tornado visível por teorias que o identificavam como um conjunto de relações arcaicas ou produzidas por atores sociais irracionais, fadadas a desaparecer, é ele mesmo provocado e tornado modelo de referencia a toda a forma de trabalho. O trabalho formal perde espaço e centralidade diante das inúmeras reformas trabalhistas em todo o mundo...

‣ As pessoas com deficiência no mercado de trabalho: expressão das desigualdades sociais

Severino, Maria do Perpétuo Socorro Rocha Sousa
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Serviço Social; Serviço Social, Formação Profissional, Trabalho e Proteção Social; Serviço Social, Cultura e Relaçõe Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Serviço Social; Serviço Social, Formação Profissional, Trabalho e Proteção Social; Serviço Social, Cultura e Relaçõe
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
57.00637%
This work was developed in the extent of the Post Graduation Program in Social Service of the Federal University of Rio Grande do Norte. It talks about the process of inclusion of the disabled people in the Job market in Mossoró-RN, bringing for the academic debate relevant thematic for the Brazilian society, for the profession of Social Service and similar areas and for the people with deficiency. It has the objective to apprehend the determiners that make possible the process of the disabled people's inclusion in the Job market in Mossoró, having as parameter the National Politics for the Integration of People Bearers of Deficiency. The critical theoretical perspective is backed in Marx's ideas for the understanding concerning the work, as well as in Pochamann, concerning the job market, regarding the exclusion/inclusion category is based in Martins, Yasbek and Sposati and on deficiency in the National Politics for the Integration of the Disabled People. The research is of qualitative nature and it took as subjects 26 (twenty-six) people, being 09 (nine) people with deficiency, inserted in the formal job and regulated market, and 17 (seventeen) managers of private companies and public institutions of the city of Mossoró-RN. For the collection of data we used techniques of nonsystemic observation...

‣ Emprego, indústria e condição de exportação : a evolução do mercado de trabalho formal no Brasil de 2002 a 2008; Employment, industry and export condition : the evolution of the formal labor market in Brazil from 2002 to 2008

Cassiano José Bezerra Marques Trovão
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/12/2010 Português
Relevância na Pesquisa
57.26686%
O Brasil dos anos 2000 apresentou uma situação favorável do ponto de vista do crescimento econômico, da atividade industrial, das exportações e, principalmente, do emprego formal e da renda nacional. Nesse contexto, o objetivo desse estudo é analisar a evolução do emprego formal na indústria brasileira entre 2002 e 2008, por meio de uma comparação entre estabelecimentos exportadores e não exportadores. Pretende-se avaliar se o crescimento do emprego se traduziu em melhorias para o mercado de trabalho formal industrial brasileiro, isto é, se o aumento do número de postos de trabalho foi acompanhado por uma alteração do perfil do emprego, sob as óticas: salarial, ocupacional, educacional e da estabilidade; In the 2000's, Brazil presented a positive situation in several standpoints, namely economic growth, industrial activities, exports and, especially, formal employment and national income. Having these said, the goal of this study is to analyze the evolution of employment in the Brazilian industrial formal labor market between 2002 and 2008, through a comparison between exporting and non-exporting establishments. It is intended to assess whether the employment growth has resulted in improvements to the formal labor market in the Brazilian manufacturing economy...

‣ A vida profissional de travestis: da marginalização à inserção no mercado de trabalho formal

Silva, Mariana da
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
Português
Relevância na Pesquisa
56.84799%
Este estudo teve como objetivo principal examinar as dificuldades enfrentadas e as expectativas que as travestis têm em relação à inserção no mercado de trabalho formal. Essa pesquisa foi realizada numa perspectiva qualitativa, com abordagem fenomenológica. Foram realizadas entrevistas com perguntas semi estruturadas com duas travestis. A análise de dados foi realizada por meio da análise de depoimentos, para posteriormente o conteúdo das entrevistas ser dividido em unidades de significado. Os resultados obtidos formaram três unidades de sentido: prostituição percebida como único caminho viável, a vivência de gênero e a construção do corpo e o impacto da vivência de gênero feminina na vida familiar, social e profissional das travestis. Os resultados obtidos evidenciaram que as participantes encontram na prostituição uma oportunidade de obtenção e complementação de renda devido a um cenário restrito no mercado de trabalho para as travestis, que abandonam a escola ainda na adolescência em função do preconceito com sua vivência de gênero. Preconceito vivenciado cotidianamente em âmbito familiar, escolar e trabalhista, e que deixa marcas na vida das pessoas que fazem parte do universo da travestilidade.; Psicologia

‣ Panorama do trabalho formal do RN na década de 90

Santos, Varelio Gomes; carvalho, Valdemir Galvão
Fonte: Natal - Zona Norte Publicador: Natal - Zona Norte
Tipo: Livro
Português
Relevância na Pesquisa
67.24243%
Esta obra reúne conhecimentos acerca do mundo do trabalho formal e da empregabilidade de jovens no Rio Grande do Norte nos anos 90, como resultado de estudos e pesquisas efetuados durante a formação acadêmica em administração e atuação profissional no percurso de pesquisador do autor focado a atuação na problematica que permeia o mundo do trabalho formal e informal.

‣ Do informal workers queue for formal jobs in Brazil?; Texto para Discussão (TD) 1021: Do informal workers queue for formal jobs in Brazil?; Existe fila por trabalhos formais no Brasil?

Soares, Fábio Veras
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Texto para Discussão (TD)
Português
Relevância na Pesquisa
57.36828%
Este artigo investiga a existência de fila por trabalhos formais (com carteira) no mercado de trabalho brasileiro. Estima-se uma regressão com mudança endógena (endogenous switching regression) a fim de especificar corretamente o processo de alocação setorial dos trabalhadores na presença de filas, e desse modo, conseguir estimar o diferencial de salários entre trabalhadores do setor formal e do informal livre de viés de seletividade. Foram avaliados três diferentes especificações de probit bivariados com o intuito de avaliar a sensibilidade das estimativas das filas a diferentes hipóteses sobre o processo de alocação setorial. Em particular, testou-se a sensibilidade das estimativas das filas por trabalho à hipótese de observação parcial dos modelos de fila por trabalho usando perguntas subjetivas de pesquisas (Pnad 1990) sobre o desejo dos trabalhadores do setor informal de mudar para um emprego formal. Os testes não rejeitam a hipótese de existência de fila por trabalho formal. Entre os trabalhadores com maiores dificuldades de serem escolhidos da fila, uma vez que estejam nela, estão os negros, as mulheres, os analfabetos, os jovens que estão entrando no mercado de trabalho e os trabalhadores que foram informais no último trabalho. Este último resultado sugere que um período no setor informal reduz bastante a chance de um trabalhador conseguir um posto de trabalho formal no futuro.; 53 p.

‣ Homens x mulheres: substitutos ou complementares no mercado de trabalho?; Texto para Discussão (TD) 595: Homens x mulheres: substitutos ou complementares no mercado de trabalho?; Men x women: substitutes or complements in the labor market?

Sachsida, Adolfo; Loureiro, Paulo Roberto
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Texto para Discussão (TD)
Português
Relevância na Pesquisa
57.03853%
Este texto aplica o método de elasticidade de substituição de Hicks para caracterizar substitutibilidade ou complementaridade entre mão-deobra feminina e masculina. Aliado a esse instrumental é adotado um procedimento econométrico para tentar definir se a mão-de-obra feminina é substituta ou complementar à masculina. A idéia é caracterizar complementaridade como um indício de discriminação por gênero no mercado de trabalho formal brasileiro. Os dados englobam o período de janeiro de 1986 a dezembro de 1996. Os resultados obtidos indicam a ocorrência de discriminação por gênero no mercado de trabalho formal brasileiro nesse período.; 17 p.

‣ Do Informal Workers Queue for Formal Jobs in Brazil?; Discussion Paper 130 : Do Informal Workers Queue for Formal Jobs in Brazil?; Existe fila por trabalhos formais no Brasil?

Soares, Fábio Veras
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Discussion Paper
Português
Relevância na Pesquisa
57.36828%
Este artigo investiga a existência de fila por trabalhos formais (com carteira) no mercado de trabalho brasileiro. Estima-se uma regressão com mudança endógena (endogenous switching regression) a fim de especificar corretamente o processo de alocação setorial dos trabalhadores na presença de filas, e desse modo, conseguir estimar o diferencial de salários entre trabalhadores do setor formal e do informal livre de viés de seletividade. Foram avaliados três diferentes especificações de probit bivariados com o intuito de avaliar a sensibilidade das estimativas das filas a diferentes hipóteses sobre o processo de alocação setorial. Em particular, testou-se a sensibilidade das estimativas das filas por trabalho à hipótese de observação parcial dos modelos de fila por trabalho usando perguntas subjetivas de pesquisas (Pnad 1990) sobre o desejo dos trabalhadores do setor informal de mudar para um emprego formal. Os testes não rejeitam a hipótese de existência de fila por trabalho formal. Entre os trabalhadores com maiores dificuldades de serem escolhidos da fila, uma vez que estejam nela, estão os negros, as mulheres, os analfabetos, os jovens que estão entrando no mercado de trabalho e os trabalhadores que foram informais no último trabalho. Este último resultado sugere que um período no setor informal reduz bastante a chance de um trabalhador conseguir um posto de trabalho formal no futuro.; 53 p.

‣ A Rotatividade dos jovens no mercado de trabalho formal brasileiro

Corseuil, Carlos Henrique; Foguel, Miguel; Gonzaga, Gustavo; Ribeiro, Eduardo Pontual
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Mercado de trabalho: conjuntura e análise - Artigos
Português
Relevância na Pesquisa
56.84799%
Esta nota fornece uma visão abrangente do mercado de trabalho de jovens por meio da abordagem de fluxos, em que são utilizadas medidas de entradas e saídas dos trabalhadores de empregos (contratações e desligamentos, respectivamente), visando contribuir para a política pública. O uso dessa abordagem de fluxos é possibilitado pela disponibilidade de uma base de dados muito rica no Brasil, a Relação Anual de Informações Sociais (Rais), do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), que registra anualmente o total de contratações e desligamentos (tanto os involuntários quanto os voluntários), e que inclui informações detalhadas do trabalhador contratado ou desligado pelas empresas formais do país.; p. 23-29 : il.

‣ On the empirical content of the formal-informal labor market segmentation hypothesis; Discussion Paper 18 : On the empirical content of the formal-informal labor market segmentation hypothesis; Sobre o conteúdo empírico da hipótese de segmentação do mercado de trabalho formal-informal

Barros, Ricardo Paes de
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Discussion Paper
Português
Relevância na Pesquisa
57.19643%
Neste artigo propomos três objetivos: primeiro, comparar a distribuição de salários entre os empregados com e sem carteira de trabalho. Embora tenha-se considerado apenas aqueles que trabalham na construção civil, as regularidades empíricas encontradas não são específicas a este grupo. De fato, Barros e Varandas (1987) mostraram que resultados similares são também observados para diversos outros grupos de trabalhadores. Em segundo lugar, investigar como as diferenças observadas tanto com respeito à média como quanto às varianças e aos quantis devem ser interpretadas. Finalmente, desenvolver três modelos para a segmentação do mercado de trabalho e avaliar a consistência deles com as regularidades empíricas observadas. Conclui que as regularidades observadas são consistentes com uma grande variedade de modelos, embora a interpretação destas regularidades varie substancialmente de acordo com o modelo observado.; 50 p. : il.

‣ O mercado de trabalho brasileiro é segmentado? Alterações no perfil da informalidade e nos diferenciais de salários nas décadas de 1980 e 1990

Curi, Andréa Zaitune; Menezes-Filho, Naércio Aquino
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2006 Português
Relevância na Pesquisa
47.35942%
In this paper we examine the determinants of the mobility of Brazilian workers from the formal sector to informality, self-employment and unemployment, using longitudinal data from Monthly household surveys for 6 metropolitan regions. The results show that the reduction in formality was due to an increase in the transitions from the formal to the informal sector and to a decline in the exits from unemployment to the formal sector. Moreover, sector turn-over in Brazil is quite high and the transitions from unemployment and from the informal sector are time dependent. Finally, the wage differentials between workers in the formal and in the informal sector, after controlling for workers fixed effects was 10% in the 1980s and declined to about 5% in the 1990s, showing that the Brazilian labor market is close to competitive.; Neste artigo examinamos o comportamento do mercado de trabalho formal e informal no Brasil nas últimas duas décadas, utilizando dados longitudinais da Pesquisa Mensal de Emprego para 6 regiões metropolitanas no Brasil. Os resultados mostram que a redução da formalidade no Brasil decorreu, principalmente, do aumento das transições do setor formal para o informal e devido à redução da taxa de saída do desemprego para o setor formal...

‣ Os Impactos das Transferências de Renda Governamentais no Mercado de Trabalho Brasileiro; The Impact of Government Income Transfers on the Brazilian Job Market

Marinho, Emerson; Mendes, Sérgio
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 28/02/2013 Português
Relevância na Pesquisa
47.3522%
This paper intends to analyze the impact of transferences over the formal and informal labor supply from the family heads. For the analyze of the effects in scope of the entrance decisions in job market it was estimated a multinomial logit, while in the scope of the working time it was used a variation of the method of Durbin and McFadden (1984)for selection bias correction. It has verified that transferences have positive effect over the probabilities that the individual doesn’t work and does informally work. However,this last one seems to be related to a substitution effect, once it has been observed a parallel negative effect over the probability to work on the formal sector. It has been obtained yet that the benefits negatively impacts on the offered hours by the family heads whether in the formal or non-formal sector, effect that has happened to be verified on the hours offering in formal sector of all individuals. On the other hand, as we consider the hours of working of those who are engaged in informal sector, it has obtained that income transferences perform not as a discourage issue but as a magnifier factor of worked hours.; Este artigo se propõe a analisar o impacto das transferências de renda governamentais sobre a oferta de trabalho formal e informal dos chefes de família no Brasil. Adicionalmente analisam-se os seus efeitos sobre as decisões dos indivíduos de entrar no mercado de trabalho. Para o primeiro objetivo estimou-se um logit multinomial...

‣ TRABALHO E EDUCAÇÂO: O COTIDIANO DAS MULHERES JOVENS NA ESFERA DA REPRODUÇÃO SOCIAL EM SANTA TEREZINHA DE ITAIPU – PR / Work and education: the daily life of young women in the sphere of the social reproduction in Santa Terezinha de Itaipu – PR/Brazil

Rejane Aparecida Bianchini; Unioeste-Toledo,PR
Fonte: Trabalho & Educação Publicador: Trabalho & Educação
Formato: application/force-download
Publicado em 09/02/2014 Português
Relevância na Pesquisa
56.933325%
Fruto do estudo realizado entre os anos de 2010 e 2012, o presente artigo tem como objetivo: apreender, compreender e analisar a relação entre o trabalho formal e a formação educacional das jovens mulheres (sujeitas da pesquisa) com faixa etária entre 18 e 29 anos, trabalhadoras dos setores formais de comércio e serviços do município de Santa Terezinha de Itaipu. O estudo apresenta os principais resultados obtidos durante a pesquisa que, por meio da aplicação do instrumental - questionário -, buscou compreender em que medida as jovens mulheres de Santa Terezinha de Itaipu vivenciam, em condições concretas, a frequência aos bancos escolares e o desenvolvimento das suas atividades laborativas na esfera do vínculo trabalhista formal. Os resultados indicam que variáveis repletas de conteúdos múltiplos determinam a existência dessas jovens. Conforme o trabalho simples amplia-se nos espaços das atividades laborativas, a relação trabalho-educação tem valor menor de incidência na esfera da reprodução social quanto à dimensão de expropriação da mais-valia. Todavia, amplia o grau de dominação no âmbito da consciência das trabalhadoras.

‣ Gender and labor: interdisciplinary analysis of the labor market in caxias do sul in the 2000’s doi:10.5007/1807-1384.2010v7n2p81; Género y trabajo: análisis interdisciplinario del mercado de trabajo formal en caxias do sul en los años 2000.; Gênero e trabalho: análise interdisciplinar do mercado de trabalho formal em caxias do sul na década de 2000

Pietra Méndez, Natalia; Universidade Federal do Rio Grande do Sul; Sgarbi S. Grazziotin, Luciane; Universidade de Caxias do Sul; Ayjara Dornelles Filho, Adalberto; Universidade de Caxias do Sul
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; pesquisa histórica; análise quantitativa; ; Formato: application/pdf
Publicado em 13/12/2010 Português
Relevância na Pesquisa
57.26018%
The article examines gender relationships in the formal labor market in the 2000's in the city of Caxias do Sul. The objective is to discuss the effects of technical and productive changes in the world of labor, and possible repercussions on the profile of jobs and workers. The research uses as its primary source data available in the Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), administered by the Ministry of Labor, Brazil. This paper is located within an interdisciplinary field of human sciences and the survey data and indicators treatment is an exercise of statistical approach to the applied and social sciences. The methodology uses the data as evidence to consider multiple social relations among workers: monitoring changes in wages, the sectors of activity, and types of occupation. One can establish a relation with variables that problematize the profile of the workers as relations of gender and education level. Changes were observed in the profiles of the workers. The rise of education, especially for males, is a major factor in this period. There was an increase in female participation in traditionally male sectors of occupation and the solidification of female leadership in some occupations. Although there are transits and movements...

‣ Women's work: a gender approach contributions; Sobre o trabalho das mulheres: contribuições segundo uma analítica de gênero

Toneli, Maria Juracy Filgueiras; UFSC - Florianópolis - SC
Fonte: Revista Psicologia: Organizações e Trabalho Publicador: Revista Psicologia: Organizações e Trabalho
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2002 Português
Relevância na Pesquisa
56.949404%
This article intends to discuss some of the aspects that in the XX century permit the women get in the in/formal work market. By a gender approach, it tries to demonstrate how the labor world organization and its dynamics is unequal for men and women. This discussion is important because the productive work universe is associate, social and historically, to men and only most recently the researches in the Work Sociology and Psychology demonstrate interest about the gender studies.; Este texto busca discutir alguns dos aspectos que, no século XX, engendraram a entrada maciça das mulheres no mercado de trabalho – formal e informal. Além disto, utilizando um recorte de gênero, busca mostrar como o mundo do trabalho é organizado e funciona de maneira desigual para homens e mulheres. Esta discussão reveste-se de importância posto que o universo do trabalho produtivo é historicamente associado aos homens e apenas recentemente as pesquisas nas áreas da Sociologia e da Psicologia do Trabalho vêm mostrando interesse pelos estudos de gênero.