Página 1 dos resultados de 288 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

‣ Liderança Transformacional e Cultura Organizacional: o seu impacto na Inovação

Pires, Ana Isabel Vaz
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
37.59747%
Desde muito cedo se começou a analisar a relação entre a liderança e a cultura existente numa organização. Também a relação existente entre a liderança transformacional e a capacidade que esta demonstra em afectar o meio que a rodeia foi objecto de análises. Os objectivos deste trabalho prendem-se com a verificação da possível relação que existe entre a liderança transformacional e a cultura existente numa organização. Foi também objectivo de estudo a medida em que esta relação afecta os processos de inovação organizacional. Para testar estes objectivos, foram recolhidos dados através do método do questionário, numa amostra de 21 empresas nacionais e para isto, foram realizadas análises em componentes principais e correlações. A liderança transformacional mostrou estar relacionada com a cultura organizacional e ficaram comprovadas relações entre estas e a inovação organizacional.; Since early we began to analyse the relationship between leadership and culture existing in an organization. We also analyse the relation between transformational leadership and this background. The goals of this study align with the verification of the possible relationship existing between transformational leadership and organizational cultura...

‣ Liderança transformacional, substitutos de liderança, e o seu impacto na performance

Faria, Sofia Vieira
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
37.684053%
Durante décadas observou-se uma multiplicidade de estudos que se debruçavam sobre a temática da Liderança Transformacional, e a sua relação com determinadas variáveis organizacionais. Recorrendo ao Multifactor Leadership Questionnaire, diversos foram os estudos que demonstraram o efeito de um Líder Transformacional sobre a Performance ou desempenho dos colaboradores de uma organização. Em paralelo, mas com menos evidência, desenvolveu-se a Teoria dos Substitutos de Liderança, que focava variáveis situacionais, quer do indivíduo, como da tarefa ou da organização, que poderiam substituir, neutralizar ou potenciar o impacto do comportamento do líder. Estas seriam variáveis que mediadoras e ou moderadoras entre a variável critério e a variável preditora. A presente dissertação pretende investigar em que medida, numa organização em fase de mudança, o Líder Transformacional efectivamente existe, ou se, contrariamente, o que se observa é um efeito dos Substitutos de Liderança, e se estes mesmos exercem algum efeito entre a Liderança Transformacional e a Performance dos 118 colaboradores do Grupo T.; For decades it was developed a series of studies about Transformational Leadership and its relationship with certain organizational variables. Using Multifactor Leadership Questionnaire...

‣ Liderança transformacional e autonomia grupal: adaptação de instrumentos de medida

Beveren, Patrícia Quinta Ferreira Van
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
37.59747%
A presente dissertação, inicialmente, procurou analisar paralelamente, os conceitos de liderança transformacional e de autonomia grupal, o seu enquadramento e desenvolvimento conceptual e os seus efeitos no contexto organizacional. Tendo por base uma revisão de literatura acerca do impacto de ambos os conceitos na satisfação e desempenho dos colaboradores de organizações, constitui objetivo deste estudo a adaptação e consequente validação de duas escalas de medida – a escala Global Transformacional Leadership (GTL) ao nível da liderança transformacional e a escala Team- Level Autonomy (TLA) ao nível da autonomia grupal – para grupos de trabalho de organizações portuguesas. Para o efeito, conduziu-se um estudo empírico com uma amostra de 456 sujeitos de 70 grupos de trabalho, pertencentes a 26 organizações, onde foram testadas as validades de constructo da GTL e da TLA. Deste modo, realizaram-se uma análise fatorial exploratória e uma análise fatorial confirmatória em ambas, tendo-se repartido a amostra em duas partes iguais, uma para cada análise. Os estudos relativos às qualidades psicométricas das duas medidas adaptadas, revelaram bons níveis de validade e de fiabilidade, considerando-se que o processo de adaptação das duas escalas teve êxito e que os itens traduzem adequadamente os constructos em causa.; The present work...

‣ LIDERANÇA TRANSFORMACIONAL NO ENSINO SUPERIOR

Pacheco, Daniela Chagas; Silva Neto, Emilio da; Franzoni, Ana Maria Bencciveni; Günther, Helen Fischer
Fonte: INPEAU Publicador: INPEAU
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
37.477588%
A relação professor-aluno é baseada não somente em conhecimentos científicos, mas acontece também a transmissão e compartilhamento de valores importantes para a formação humana. O presente artigo tem por objetivo analisar a liderança transformacional no processo ensino-aprendizagem do ensino superior e suas contribuições. O método utilizado neste estudo é o teórico, realizado a partir de levantamento bibliográfico, abordagem qualitativa e procedimento descritivo. É premente que o professor, como profissional que é, não só utilize novas práticas pedagógicas associadas aos modernos aparatos e meios tecnológicos, mas também exerça liderança de maneira que propicie aos seus alunos caminhar com passos firmes rumo ao desenvolvimento em todos os sentidos. Conclui-se que a liderança transformacional contribui para os processos pedagógicos e a promoção da aprendizagem significativa, bem como da qualidade no ensino, visto que o educador influencia seus alunos. A liderança pode permear todas as funções e papeis na escola, pois daí resulta qualidade nas ações e relações desenvolvidas.

‣ Abordagem carismática e transformacional : modelos conceptuais e contributos para o exercício da liderança; Une approche charismatique et transformationnel : les modèles conceptuelles et ses contributions à l´exercice du leadership; Enfoque carismático y transformacional : modelos conceptuales y contribuciones para el ejercicio del liderazgo; Charismatic and transformational approach : conceptual models and contributions to the understanding of leadership

Gomes, António Rui; Cruz, José Fernando A.
Fonte: Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo Publicador: Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2007 Português
Relevância na Pesquisa
37.59747%
Neste artigo apresentamos uma revisão de literatura acerca da abordagem carismática e transformacional do estudo da liderança, procurando analisar os seus conceitos principais e os modelos conceptuais mais representativos. De igual modo, analisamos as possibilidades de aplicação destes contributos ao exercício da liderança, ajudando na compreensão dos processos inerentes à relação entre o líder e os membros do grupo. Por último, descreveremos alguns resultados obtidos até agora no estudo de líderes com características carismáticas e transformacionais.; This paper presents a review of the literature written about the charismatic and transformational leadership approaches, stressing the main concepts and conceptual models. We also observe the possibility of applying these contributions in order to understand leadership actions and the relationship between leaders and group members. Lastly, we describe some results obtained until now about the efficacy of charismatic and transformational leaders.; Cet article présente une révision de la littérature spécialisée en analysant les concepts et les modèles les plus représentatifs. Ensuite, on examine quelques possibilités d´application de ces contributions théoriques dans l´exercice du leadership...

‣ Liderança transformacional e transacional numa organização de saúde: a questão do género

Santos, Margarida Maria Rodrigues dos
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.477588%
Mestrado em Gestão dos Serviços de Saúde; O tema central desta dissertação é o estudo da liderança transformacional e transacional e a sua relação com o género em ambiente hospitalar (militar). Pretende-se analisar o estilo de liderança adotado pelos profissionais de saúde, tendo como base a perceção dos seus subordinados. Pretende-se também averiguar se existe alguma relação entre o estilo de liderança percecionado e os fatores de resultados organizacionais: eficácia do líder, satisfação com o líder e reforço-extra e por outro lado analisar se existe preferência por um chefe de determinado género. O estudo foi realizado num hospital militar, o HMP, que além de ser uma organização de saúde é uma organização militar, por isso com um ambiente organizacional muito particular. Para o efeito, como técnica de recolha de dados recorreu-se ao inquérito por entrevista e aplicação de um inquérito por questionário, o Multifactor Leadership Questionnaire ® a 145 profissionais de saúde (dos quais 54,5% são do género feminino e 45,5 % do género masculino). Os resultados mostram que a liderança transformacional é a mais utilizada pelos líderes, sejam do género feminino, sejam do género masculino. São os líderes do género masculino que mais recorrem ao estilo de liderança transacional. Verificou-se ainda que...

‣ Influência da aprendizagem organizacional e da liderança transformacional no desempenho dos museus

Vicente, Carolina Mateus Raso
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.59747%
Mestrado em gestão cultural; O presente estudo tem como principal objectivo explorar em que medida as características organizacionais relacionadas com a aprendizagem organizacional e a liderança transformacional influenciam o desempenho dos museus nacionais. Para testar as hipóteses referidas recorreu-se ao inquérito por questionário, dirigido aos colaboradores da totalidade dos museus que integram a Rede Portuguesa de Museus (RPM). Os resultados obtidos mostram que a percepção do desempenho dos museus é composta por duas facetas: desempenho organizacional e desempenho focado nos resultados. Os resultados sugerem ainda que a aprendizagem organizacional e a liderança transformacional explicam de forma significativa 48% da variância do desempenho organizacional, mas que nenhuma das características organizacionais estudadas apresenta uma relação significativa com o desempenho por resultados. Verificou-se ainda que a aprendizagem organizacional e a liderança transformacional têm uma relação significativamente positiva entre si, embora em conjunto, não contribuam para o aumento do desempenho; This study aims to explore the way in which both the organizational characteristics that relate to the organizational learning and the transformational leadership influence the performance of national museums. To test these hypotheses we addressed questionnaire inquiries to the employees of all the museums that comprise the Portuguese Museum Network (RPM). The obtained results show that the perception of museums performance is comprised of two components: organizational performance and performance focused on results. The obtained results also suggest that the organizational learning and the transformational leadership significantly explain 48% of the organizational performance sample. On the other hand...

‣ A relação entre a personalidade multicultural e a liderança transformacional na gestão de equipas multiculturais

Fernandes, Fernanda Mendes Marques
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
37.749517%
Mestrado em Gestão de Recursos Humanos; O presente trabalho aborda a relação entre a personalidade multicultural e a liderança transformacional na gestão de equipas multiculturais. Mais concretamente procurou-se averiguar se existe relação entre as dimensões da personalidade multicultural (empatia cultural, abertura de espírito, iniciativa social, estabilidade emocional, flexibilidade) e a liderança transformacional em equipas multiculturais em contexto internacional. Atendendo ao facto de que a literatura científica atribui grande importância aos traços de personalidade como preditores do comportamento de liderança utilizámos, neste trabalho, o conceito de personalidade multicultural para abarcar os traços de personalidade relevantes em contexto intercultural e internacional. Este estudo resultou da aplicação de dois questionários online. O primeiro foi o Multicultural Personality Questionnaire em que se apresentam um conjunto de 40 afirmações e se pede aos respondentes que digam em que medida é que as afirmações se aplicam ao próprio. A escala de Likert utilizada varia entre 1 (Totalmente Não Aplicável) e 5 (Totalmente Aplicável). O segundo questionário utilizado foi o Charismatic Leadership in Organizations que contém sete afirmações que são direcionadas para avaliar a liderança transformacional. O questionário tem uma escala de Likert entre 1 (Totalmente em Descordo) e 7 (Totalmente de Acordo). Tal como acontece no primeiro questionário também aqui o respondente tem de se posicionar face às afirmações contidas no questionário. A amostra é constituída por 53 gestores de nível intermédio que trabalham na administração pública portuguesa (33) e numa empresa do setor privado (20) que lideram equipas multiculturais em contexto de trabalho internacional. A amostra de gestores que responderam aos questionários engloba gestores em missão de expatriamento e gestores a trabalhar em território nacional mas todos lideram equipas multiculturais. Foi hipotisado que existiria uma relação positiva entre as cinco dimensões da personalidade multicultural (empatia cultural...

‣ Liderança transformacional, clima e compromisso organizacional

Guerra, Catarina Custódio Robalo
Fonte: ISPA - Instituto Universitário Publicador: ISPA - Instituto Universitário
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.59747%
Dissertação de Mestrado em Psicologia Social e das Organizações; O presente estudo pretende estudar as relações entre as três variáveis: liderança transformacional, compromisso organizacional e clima organizacional. Para a realização do estudo contou-se com a participação de 252 sujeitos de diversos sectores de actividade. Assim, tentou-se verificar se a liderança transformacional e o compromisso organizacional, tal como nos estudos de Ismail e Yusuf, estavam relacionados. Tal como os autores mencionados, conclui-se que a liderança transformacional e o compromisso organizacional estão associados positiva e significativamente. Por outro lado, tentou-se verificar também se a liderança estava associada à percepção do clima organizacional. Tal como Shanker e Sayeed, verificou-se essa associação positiva e significativa tendo a liderança um impacto positivo na percepção do clima organizacional. Tentou-se ainda verificar a existência de uma associação entre clima e compromisso organizacional. No seguimento das investigações de Clerq e Rius, verificou-se uma associação positiva entre clima e compromisso tendo este impacto no compromisso. Por fim, foi pertinente verificar a existência de uma associação entre clima e compromisso organizacional afectivo que...

‣ Uma aproximação entre liderança transformacional e Teoria da Ação Comunicativa

Vizeu,Fabio
Fonte: Universidade Presbiteriana Mackenzie Publicador: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.684053%
Desde o trabalho seminal de Burns (1978) sobre liderança transformacional, muitos autores defendem que líderes são bem-sucedidos se não se comportam como gerentes. Longe de representar um argumento sem base teórica, defende-se que o modelo de liderança transformacional pode ser considerado a partir do ponto de vista de teorias sociais mais complexas como a Teoria da Ação Comunicativa, de Habermas. Essa é a proposta deste trabalho, que, considerando a dicotomia entre a ação estratégica e a ação comunicativa, observou os fundamentos ontológicos para a diferenciação entre gerentes e líderes transformacionais. Nesse sentido, reconhecemos que a Teoria da Ação Comunicativa provê análise crítica da liderança transformacional, pois permite uma melhor compreensão de alguns de seus elementos, ao mesmo tempo que questiona outros, provendo um entendimento menos ingênuo sobre o fenômeno da liderança, tal qual aquele apresentado pela visão gerencialista nos estudos da liderança. Uma dessas contribuições é a concepção da liderança transformacional como um fenômeno contextualizado pela liberdade do discurso, propiciando a ação comunicativa a partir de mecanismos organizacionais que são livres de constrangimentos à interação comunicativa...

‣ Revisitando a perspectiva de James MacGregor Burns: qual é a ideia por trás do conceito de liderança transformacional?

Calaça,Pedro Alessandro; Vizeu,Fabio
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2015 Português
Relevância na Pesquisa
37.59747%
Na Administração, a liderança é vinculada ao interesse na eficiência produtiva, tendo como pressuposto a capacidade de líderes e liderados atingirem os resultados organizacionais. Todavia, a liderança é matéria mais ampla do que pode julgar essa concepção. Por entender que essa é a perspectiva adotada no texto seminal de Burns (1978) sobre liderança transformacional, propomos neste estudo revisitar essa obra, para contrapor seus principais argumentos em relação àqueles formulados por autores de liderança transformacional na área de Administração. Para tanto, adotamos a análise sócio-histórica, como proposta por Stefani e Vizeu (2011), a primeira etapa da hermenêutica de profundidade (THOMPSON, 2000), um método que visa a evitar o erro da livre interpretação de uma obra contextualmente situada. Assim, concluímos que o ponto central da liderança transformacional, para Burns, é a questão do desenvolvimento moral e o distanciamento na relação utilitária entre líder e liderados. Esses dois pontos são reforçados ao longo do texto pelos exemplos dados pelo autor...

‣ Liderazgo, autoconcepto y sexo: analizando en profundidad el liderazgo transformacional

Pasadas Mart??n, Mar??a; Peregrina Rivas, Ana Isabel; Prieto Nieto, Cristina; Moreno Jim??nez, V??ctor
Fonte: Universidad de Granada Publicador: Universidad de Granada
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
37.684053%
Una parte de la investigaci??n sobre liderazgo se ha centrado en los efectos del liderazgo transformacional (TF) y transaccional (TA) en el autoconcepto del propio l??der. Esta investigaci??n se ha focalizado esta cuesti??n, debido a la importancia que encierra. Si se distingue qu?? tipo de liderazgo conlleva poseer un autoconcepto m??s positivo, es decir, una mayor autoestima, podremos concluir que existe una forma de liderar que, al menos en ese aspecto, es m??s recomendable. Seg??n Sosik y Cameron (2010), el l??der transformacional poseer?? una personalidad m??s asc??tica y una excelencia moral; y por ello, un autoconcepto m??s positivo. Adem??s, tambi??n analizaremos si existe diferencia en cuanto al sexo a la hora de ejercer un tipo de liderazgo u otro; pues se espera que las mujeres tiendan a desarrollar un liderazgo m??s transformacional (Eagly y col., 1992). Utilizando como muestra a 56 profesores/as de secundaria de Granada procedimos a pasar una serie de instrumentos que miden el tipo de liderazgo y el autoconcepto, con el fin de poner a prueba nuestras hip??tesis. Finalmente, ??stas fueron contrastadas, pues se encontr?? una clara tendencia por parte de las mujeres al liderazgo transformacional, adem??s de comprobar que ??ste conllevaba un mayor autoconcepto personal y social en las personas que lo eleg??an como forma de liderazgo a ejercer.; Part of the research about leadership has been focused on the effects that both transformational and transactional leadership have on the leader???s self-concept. This study is focused on that question...

‣ Liderança transformacional e participação na tomada de decisão nas organizações: estudo correlacional

Fonseca, Carolina Andreia de Seixas Viana da
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
37.477588%
Este trabalho examina a relação entre a percepção dos subordinados em relação à intensidade em que participam nas decisões que afectam a sua vida laboral (ao nível individual, grupal e organizacional) e a percepção do estilo de liderança transformacional adoptado pelos seus superiores. Estas variáveis serão medidas, respectivamente, pelo QPTD e pelo QLT, instrumentos adaptados à realidade portuguesa por uma equipa de investigação da Universidade de Coimbra, coordenada pelo Prof. Doutor Duarte Gomes e em relação aos quais procedemos ao estudo das qualidades psicométricas e dimensionalidade. A nossa hipótese de investigação, sugerida pelas relações encontradas na literatura entre estes dois constructos, será: A correlação paramétrica (do tipo Pearson) entre liderança transformacional e participação é significativa e positiva.; The following work examines the relationship between workers’ percetions regarding the intensity in which they participate in decisions afecting their worklife (at an individual, group and organizational level) and their perceptions regarding a transformational leadership style adopted by their superiors. These variables will be measured, respectively, through the use of QPTD and QLT. These instruments were adapted to the Portuguese reality by a team of researchers from Universidade de Coimbra...

‣ Liderança transformacional/transacional: que impacto no cinismo organizacional?

Agostinho, Andreia Marina Neves
Fonte: Escola Superior de Comunicação Social Publicador: Escola Superior de Comunicação Social
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /11/2014 Português
Relevância na Pesquisa
37.477588%
Dissertação apresentada à Escola Superior de Comunicação Social como parte dos requisitos para obtenção de grau de mestre em Gestão Estratégica das Relações Públicas.; Face à conjuntura actual pode dizer-se que estamos perante uma geração de trabalhadores que escondem por detrás de reacções de aparente ingenuidade e conformidade quanto aos objectivos um relativo interesse pessoal, oportunismo e até mesmo resistência à mudança. Para Dean et al., (1998) o cinismo é a atitude que capta com maior perspicácia e profundidade a essência da frustração e negatividade que os indivíduos vivenciam nos seus locais de trabalho. A figura do líder assume aqui um papel claramente determinante, uma vez que são os principais responsáveis por toda a organização já que cabe-lhes a função de combinar e ajustar de um modo harmonioso e eficaz a estratégia, a estrutura e os mecanismos internos, atingindo a totalidade da lógica operativa, afetação de recursos e funcionamento da organização. Para Mirvis e Kanter (1991) os líderes organizacionais estão situados no epicentro do fenómeno, sendo que o cinismo começa e acaba com as atitudes e os comportamentos dos mesmos. Na presente investigação são identificados os comportamentos (consideração individualizada...

‣ Relação entre os estilos de liderança transformacional, transaccional e laissez-faire e o comprometimento organizacional

Guiomar, Andreia Sofia Botelho
Fonte: Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida Publicador: Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
37.59747%
Dissertação de Mestrado apresentada ao ISPA - Instituto Universitário; O processo de interacção entre líderes e subordinados denomina-se por liderança, onde um líder tenta influenciar, motivar o comportamento dos seus subordinados para realizarem os objectivos organizacionais de forma adequada. Por sua vez, o comprometimento organizacional pode ser concebido como um laço psicológico que caracteriza a ligação dos indivíduos à organização e que tem implicações para a decisão de nela permanecerem. No presente estudo analisou-se a relação existente entre os estilos de liderança e o comprometimento organizacional, procurou-se também estudar quais os estilos de liderança que melhor podiam predizer o comprometimento organizacional. Para tal, foram utilizadas dois instrumentos, a adaptação portuguesa do “Modelo das três componentes do comprometimento organizacional” de Meyer e Allen (1991) e versão portuguesa do Multifactor leadership Questionnaire - 5x (MLQ) de Bass (1997), numa amostra composta por 149 profissionais de um organismo do estado. O estudo foi de carácter correlacional e transversal. Em todos os testes estatísticos efectuados, o nível de significância adoptado foi α=0,05. Os resultados obtidos relevam a existência de correlações positivas entre a liderança transformacional e comprometimento afectivo (r=...

‣ Liderazgo transformacional y la facilitación de la aceptación al cambio organizacional.; Liderança transformacional e facilitação da aceitação à mudança organizacional.; Transformational leadership and the facilitation of of the acceptance of organizational change.

García Rubiano, Mónica
Fonte: Pontificia Universidad Javeriana Cali Publicador: Pontificia Universidad Javeriana Cali
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; "Artículo revisado por pares"; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artículo Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.800752%
Objetivo. El objetivo de esta investigación fue evaluar la relación entre el estilo de liderazgo transformacional y la aceptación al cambio organizacional en trabajadores de dos empresas de Bogotá, pertenecientes al sector económico terciario. Método. Es una investigación no experimental con un diseño correlacional. Se aplicó el instrumento de medición al cambio organizacional (IMC) a 9 jefes o líderes de cargos medios y el cuestionario liderazgo  multifactor  (MLQ)  a  62  operarios.  Resultados.  En  los  resultados  se  evidencian  asociaciones significativas  y  positivas  entre efectividad  y  comunicación  en  un  0,685.  Conclusión.  Se  concluye  que  la comunicación y la actitud al cambio son elementos importantes en un proceso de cambio organizacional. Para efectos de futuras investigaciones se podría ampliar la muestra y adaptar el cuestionario de liderazgo transformacional a la población colombiana.; O escopo de esta pesquisa foi avaliar a relação entre a forma de liderança transformacional e a aceitação à mudança  organizacional  em  trabalhadores  de  duas  empresas  de  Bogotá  pertencentes  ao  setor  econômico terciário.  Metodologia.  É  uma  pesquisa  não  experimental  com  um  desenho  cor  relacional.  Foi  aplicado o  instrumento  de medição à mudança organizacional  (IMC) em 9  chefes  ou  líderes  de  cargos médios e  o questionário  liderança  multi-fator. (MLQ) em 62 operários.  Resultados. Nos resultados foram evidenciadas associações significativas e positivas entre a efetividade e comunicação em um 0...

‣ El liderazgo transformacional y la evaluación de programas académicos universitarios en México

Bennetts Fernández, María del Socorro
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em //2007 Português
Relevância na Pesquisa
37.59747%
No existen evidencias de la aplicación del modelo de liderazgo transformacional en universidades públicas. Resulta útil investigar las manifestaciones de los diferentes estilos de liderazgo y el estudio del constructo «autoridad». Surgen dos líneas de estudio: una de interés teórico y otra de aplicación práctica. El interés teórico se centra en validar el instrumento de análisis de la teoría de liderazgo transformacional en el contexto y la realidad de las universidades públicas en México. La validez empírica se amplía y se refuerza con criterios de calidad y eficacia, emitidos éstos por los comités interinstitucionales de evaluación de la educación superior en México (CIEES) respecto a los programas académicos objeto de estudio.; There is no evidence about applying this model of leadership in Public Universities. It is very useful to do a research about the different styles of leadership and the study of the constructo «authority». Two lines of research arise, one from a theorical interest and the other one from a practical application. The theorical interest is centered to validate the instrument of analysis from the transformational leadership theory in the reality of the Public Universities in Mexico. The empiric validity of the instrument in order to widen it as well as to reinforce it with quality criteria and efficacy...

‣ Abordagem carismática e transformacional: modelos conceptuais e contributos para o exercício da liderança; Enfoque carismático y transformacional: modelos concep-tuales y contribuciones para el ejercicio del liderazgo; Charismatic and transformational approach: conceptual models and contributions to the understanding of leadership; Une approche charismatique et transformationnel: les modèles conceptuelles et ses contributions à l´exercice du leadership

Gomes, António Rui; Cruz, José
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/09/2007 Português
Relevância na Pesquisa
37.59747%
Neste artigo apresentamos uma revisão de literatura acerca da abordagem carismática e transformacional do estudo da liderança, procurando analisar os seus conceitos principais e os modelos conceptuais mais representativos. De igual modo, analisamos as possibilidades de aplicação desses contributos ao exercício da liderança, ajudando na compreensão dos processos inerentes à relação entre o líder e os membros do grupo. Por último, descrevemos alguns resultados obtidos até agora no estudo de líderes com características carismáticas e transformacionais.; En este artículo se presenta una revisión de la literatura acerca del enfoque carismático y transformacional del estudio del liderazgo, buscándose analizar sus conceptos principales y los modelos conceptuales más representativos. De igual modo, se analizan las posibilidades de aplicación de dichas contribuciones al ejercicio del liderazgo, ayudando en la comprensión de los procesos inherentes a la relación entre el líder y los miembros del grupo. Por último, se describen algunos resultados que se obtuvieron hasta ahora en el estudio de líderes con características carismáticas y transformacionales.; This paper presents a review of the literature written about the charismatic and transformational leadership approaches...

‣ Brazilian executives: in the opposite sense of the transformational leadership deified profile; ; Executivos brasileiros: na contramão do perfil deificado da liderança transformacional

Carvalho Neto, Antonio; Tanure, Betania; Santos, Carolina Maria Mota; Lima, Gustavo Simão
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Pesquisa Teórico-empírica; ; Formato: application/pdf
Publicado em 26/04/2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.59747%
DOI: http://dx.doi.org/10.5007/2175-8077.2012v14n32p35The goal of this article is to relate the psychological type of the executives who are in the strategic level of corporations in Brazil with the characteristics showed in the literature about transformational leadership. The last, although deified, is the most mentioned by the current literature. The theoretical framework presents a synthesis of the literature on leadership, from the 1960s to the Theory of transformational leadership. We used the MBTI (Myers-Briggs Type Indicator), an indicator of psychological types based on Carl G. Jung work. A quantitative research with the width of the one that originated this work is rare in literature; we applied the MBTI in a sample of 430 executives. The research reveals that exists more divergence than convergence among the characteristics found in Brazilian executives and the characteristics of transformational leadership. Brazilian leaders show difficulty to see the need for changes while transformational leaders are said to be more capable to lead people. Brazilian executives are hard and inflexible when the situation demands, unlike what the Theory of transformational leadership says. Empathy and concern with those who are led are characteristics of transformational leaders that are not so present among Brazilian leaders.; ; DOI: http://dx.doi.org/10.5007/2175-8077.2012v14n32p35O objetivo deste artigo é relacionar o tipo psicológico dos executivos que atuam no nível estratégico das grandes empresas com as características que a literatura aponta para o líder transformacional que...

‣ Liderazgo y su relación con variables de resultado: un modelo estructural comparativo entre liderazgo transformacional y transaccional en una empresa de entretenimiento en México

Mendoza Martínez,Ignacio Alejandro; García Rivera,Blanca Rosa; Uribe Prado,Jesús Felipe
Fonte: Universidad Nacional Autónoma de México, Facultad de Psicología Publicador: Universidad Nacional Autónoma de México, Facultad de Psicología
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2014 Português
Relevância na Pesquisa
37.59747%
El objetivo de la investigación fue determinar la influencia de factores de liderazgo transformacional y transaccional en variables de resultado con personal directivo de nivel medio de una Empresa de Entretenimiento en México, D.F, con el Modelo de de liderazgo transformacional de Bass y Avolio. Se aplicó el "Cuestionario sobre Datos Sociodemográficos y Organizacionales del Trabajador" y la "Adaptación al Multifactor Leadership Questionnaire" (MLQ), a una muestra de n = 100 directivos de nivel medio. Los Modelos de Ecuaciones Estructurales determinaron que en el perfil de liderazgo de los directivos investigados destacan en primer lugar sub-escalas transformacionales como son: Estimulación intelectual, Influencia idealizada (Conducta), Influencia idealizada (Atributo) y Consideración individual. La variable de resultados más importante para ellos es el Esfuerzo extra. Lo anterior implica que los directivos estén interesados en desarrollar la capacidad de resolución de problemas y la actualización de su personal. Se reafirmaron los hallazgos teóricos y empíricos de estudios previos, como son las correlaciones directas significativas entre las variables de liderazgo (liderazgo transformacional, transaccional y variables de resultado)...