Página 1 dos resultados de 1404 itens digitais encontrados em 0.070 segundos

‣ Efeito do treinamento físico no controle neurovascular e capacidade funcional em pacientes com insuficiência cardíaca em uso de carvedilol; Effects of exercise training on neurovascular control in heart failure patients treated with Carvedilol

Fraga, Raffael Francisco Pires
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/10/2008 Português
Relevância na Pesquisa
68.49819%
Evidências sugerem que o carvedilol diminui a atividade nervosa simpática muscular (ANSM) nos pacientes com insuficiência cardíaca (IC), mas não melhora o fluxo sangüíneo muscular (FSM) e a capacidade funcional nestes pacientes. Por outro lado, o treinamento físico reduz a ANSM, além de melhorar o FSM e a capacidade funcional nos pacientes com disfunção ventricular que não utilizam -bloqueadores. O objetivo deste estudo foi investigar o efeito do treinamento físico sobre a ANSM, FSM e capacidade funcional em pacientes com IC em uso de carvedilol. Foram estudados vinte e sete pacientes com IC, tratados com carvedilol, CF II-III, FE<35%, VO2 pico <20 ml/Kg/ min. Os pacientes foram randomizados em dois grupos: treinamento físico (n-15) e não treinamento (n-12). A ANSM foi medida diretamente pela colocação de um microeletrodo no nervo fibular. O FSM foi medido pela técnica de pletismografia de oclusão venosa. O treinamento físico foi realizado três vezes na semana, em cicloergômetro, durante 60 minutos, entre o limiar anaeróbio e 10% do ponto de compensação respiratório, por 4 meses. Antes do período experimental, todos os parâmetros avaliados eram semelhantes entre os grupos. O treinamento físico reduziu significativamente a ANSM (-14 ± 3 impulsos/100batimentos...

‣ Expressão de microRNAs no coração de ratos espontaneamente hipertensos (SHR) submetidos a treinamento físico aeróbio; Expression of microRNAs in the heart of spontaneously hypertensive rats (SHR) submitted to aerobic physical training

Amadeu, Marco Aurélio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/11/2011 Português
Relevância na Pesquisa
68.290576%
A hipertrofia cardíaca é um dos principais mecanismos de adaptação do coração frente a uma sobrecarga de trabalho e pode advir de estímulos patológicos como a hipertensão arterial levando a um prejuízo funcional ou por estímulos fisiológicos como o treinamento físico que por outro lado, promove adaptações benéficas no coração. Na última década uma nova classe de moléculas, os miRNAs, vem sendo estudada como reguladores da expressão gênica em diversos tipos celulares, inclusive os cardiomiócitos. Entretanto, estudos sobre a participação de miRNAs nas adaptações induzidas pelo treinamento físico ainda são escassos. O presente trabalho teve como principal objetivo avaliar o efeito do treinamento físico aeróbio no perfil de expressão de miRNAs no coração de ratos espontaneamente hipertensos (SHR) bem como selecionar miRNAs com padrão alterado no SHR e revertido pelo treinamento físico e analisar seu papel funcional através de aplicativos de bioinformática. Os animais foram divididos em três grupos: ratos espontaneamente hipertensos sedentários (SHR-S), SHR treinados (SHR-T) e um grupo normotenso sedentário (WKY-S). O grupo SHR-T desempenhou um protocolo de treinamento de natação de 60 minutos...

‣ Potencial do treinamento físico aeróbio para a prevenção do diabetes tipo 2 induzido por dieta de cafeteria: papel do tecido adiposo branco.; Potential of aerobic exercise for the prevention of type 2 diabetes induced by cafeteria diet: role of white adipose tissue

Higa, Talita Sayuri
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/12/2012 Português
Relevância na Pesquisa
68.388877%
Evidências na literatura demonstraram que o aumento da adiposidade confere maior suscetibilidade ao desenvolvimento de diabetes tipo 2, pois o tecido adiposo branco (TAB) atua na regulação da homeostasia energética e da sensibilidade à insulina através da sua atividade endócrina e de interações com reguladores neuroendócrinos. O treinamento físico aeróbio tem sido fortemente recomendado para a prevenção e tratamento do diabetes tipo 2, pois promove adaptações no metabolismo energético que contribuem diretamente para a melhora da resposta glicêmica e para o controle de peso corporal. Embora esteja claro na literatura o papel do treinamento físico contra o desenvolvimento de distúrbios no metabolismo da glicose e obesidade, uma lacuna de conhecimento ainda existe quando buscamos informações a respeito da participação metabólica do TAB na prevenção do diabetes tipo 2 através do treinamento físico aeróbio. Dessa forma, o presente estudo teve como objetivo testar a hipótese de que o efeito protetor do treinamento físico contra o desenvolvimento de diabetes tipo 2 é mediado por adaptações funcionais do TAB. Para isso, foram utilizados camundongos alimentados com dieta normocalórica e de cafeteria submetidos ou não ao treinamento físico aeróbio. O treinamento físico aeróbio foi eficaz para a prevenção do diabetes tipo 2...

‣ Efeitos de um programa de treinamento físico na capacidade física, broncoespasmo induzido pelo exercício e qualidade de vida de crianças com asma persistente moderada e grave; Effects of a physical training program on physical capacity, exercise-induced bronchoconstriction and quality of life of children with moderate and severe persistent asthma

Galvani, Adriana Fanelli
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/08/2004 Português
Relevância na Pesquisa
68.290576%
A maioria das crianças asmáticas apresenta dispnéia ao realizar exercícios, fazendo com que elas evitem a prática esportiva e apresentem uma redução no condicionamento físico. Isto, por sua vez, restringe a sua independência física e emocional, podendo, assim, deteriorar a sua qualidade de vida. Em vista disto, o presente estudo tem por objetivo avaliar: a capacidade física, a broncoconstrição induzida pelo exercício, a qualidade de vida e a ingesta de medicamentos. Foram estudadas 38 crianças, de ambos os sexos, divididas em dois grupos: um composto de crianças com asma moderada/grave corticóide dependentes, submetidas a um programa de educação (grupo controle), e o outro constituído de crianças, de mesmas características, submetidas a um programa de educação e a um outro de treinamento físico (grupo treinado). O programa educacional para crianças e pais ou responsáveis teve duração total de quatro horas, distribuídas em duas sessões de duas horas cada. Antes do período educacional, elas foram clinicadas e medicadas por um pneumologista que adequou o tratamento medicamentoso até estabilizar o quadro clínico dos pacientes. Foram avaliados: a performance aeróbica avaliada pelo teste ergoespirométrico...

‣ Efeitos do treinamento físico no perfil hemodinâmico e no estresse oxidativo em modelo experimental de Cor pulmonale

Rabbo, Maristela Padilha de Souza
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
68.2785%
Já está bem estabelecido na literatura que as doenças pulmonares podem causar diretamente alterações na mecânica cardíaca. Estas alterações acarretam prejuízos que invariavelmente induzem o estabelecimento da insuficiência cardíaca. Aproximadamente 30% dos casos de insuficiência cardíaca estão relacionados à falência do ventrículo direito, sendo que esta situação é a principal causa de morbidade e mortalidade pós-transplante cardíaco. As alterações patológicas do ventrículo direito resultantes da disfunção do pulmão são denominadas de Cor pulmonale. Estas manifestações, quando crônicas, se caracterizam por hipertrofia e dilatação do ventrículo direito secundária à hipertensão pulmonar, evoluindo progressivamente para o desenvolvimento de insuficiência cardíaca congestiva. Embora os mecanismos envolvidos no desenvolvimento da insuficiência cardíaca ainda não tenham sido completamente elucidados, vários estudos apontam para a participação das espécies reativas de oxigênio (ERO) nestes processos. A utilização da droga monocrotalina (MCT) para desenvolvimento de Cor pulmonale, é o modelo experimental mais amplamente aplicado para o estudo de hipertensão pulmonar, hipertrofia seletiva de ventrículo direito e insuficiência cardíaca. Apesar da constante evolução no desenvolvimento de fármacos que melhorem tanto a morbidade quanto a mortalidade de portadores de doenças cardiorrespiratórias...

‣ Influencia do treinamento fisico na função eretil de ratos com deficiencia cronica de oxido nitrico; Influence of physical training in the erectile function of chronic NO-defficient rats

Mario Angelo Claudino
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/06/2008 Português
Relevância na Pesquisa
68.411724%
A disfunção erétil é definida como a incapacidade de alcançar ou manter ereção peniana adequada para a satisfação sexual, e ocorre em graus variáveis prejudicando a qualidade de vida do homem. A disfunção erétil está associada a fatores de risco como doenças cardiovasculares, hipertensão arterial, diabetes mellitus, hipercolesterolemia, envelhecimento, tabagismo e sedentarismo. O óxido nítrico (NO) é o principal mediador do relaxamento do músculo liso peniano. Evidências clínicas e experimentais indicam que a redução da disponibilidade de NO ou da reatividade ao NO endógeno leva à disfunção endotelial. Trabalhos recentes mostram que parte dos benefícios da atividade física regular no sistema cardiovascular é intensificar a produção de NO e/ou expressão da NOS pelas células endoteliais. Dessa forma, usando o modelo de inibição crônica da síntese de NO em ratos pelo L-NAME, investigamos os efeitos do treinamento físico regular na função erétil de ratos. Na primeira etapa, estudamos a influência do treinamento físico na função erétil de ratos saudáveis normotensos. Na segunda etapa, estudamos a influência do pré-condicionamento físico na função erétil de ratos submetidos a bloqueio crônico de NO. Na terceira etapa...

‣ Treinamento fisico, processo inflamatorio e adaptação; Physical training, inflammatory process and adaptative condition

Fernando Oliveira Catanho da Silva
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/02/2009 Português
Relevância na Pesquisa
68.326885%
O exercício físico e um conhecido indutor agudo de traumas sobre as estruturas biológicas como músculos esqueléticos, articulações, ossos e demais tecidos. O treinamento físico, de maneira cronica e respeitando a relacao estimulo-recuperação pode levar a uma seqüência coerente de traumas e conseqüentemente a adaptação (Overreaching Funcional - FOR). Por outro lado, desequilíbrios persistentes na relação estimulo-recuperação podem levar a condições não-adaptativas refletidas em perda de performance e sintomatologia variada (Overreaching Não-Funcional - _FOR e Síndrome do Overtraining - OTS). Existe na literatura a proposta do envolvimento de marcadores antiinflamatórios e pro-inflamatorios na diferenciação entre esses dois estados. O objetivo central do presente trabalho foi investigar a relação entre treinamento físico e os estados FOR e _FOR através da analise de performance e de marcadores sericos e teciduais imunológicos, bioquímicos e hematológicos em ratos submetidos a um protocolo de indução ao overtraining desenvolvido recentemente em nosso laboratório. O presente trabalho esta dividido em dois capítulos escritos na forma de artigos científicos. O capitulo 1 consiste em um artigo de revisão da literatura sobre processo inflamatório e treinamento físico. Anexo ao artigo segue o roteiro de estudos que será utilizado como ferramenta didática em sala de aula quando da discussão do processo inflamatório desencadeado pelo exercício e treinamento físico. No capitulo 2 apresentamos os dados de performance e as concentrações hepática e muscular das citocinas Fator de Necrose Tumoral (TNFa)...

‣ Investigação dos efeitos do treinamento fisico sobre o estresse oxidativo em ilhotas pancreaticas de ratos tratados com dexametasona; Effects of exercise training on oxidative stress in pancreatic islets from dexamethasone-treated rats

Julia Laura Fernandes Abrantes
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/02/2010 Português
Relevância na Pesquisa
68.326885%
Quando em excesso, a administração de glicocorticóides pode induzir hiperglicemia, fator que tem sido associado ao aumento do estresse oxidativo em diversos tecidos. No pâncreas endócrino, o estresse oxidativo tem sido relacionado à perda de função e massa de células P pancreáticas, contribuindo para o desenvolvimento do diabetes tipo 2. Por melhorar a sensibilidade à insulina e a capacidade antioxidante em diversos tecidos, o treinamento físico moderado poderia ser uma importante ferramenta na prevenção do estresse oxidativo em pâncreas endócrino. Para testar essa hipótese, o presente trabalho investigou o efeito do treinamento físico de intensidade moderada, realizado previamente a administração de dexametasona (DEX - 1mg/kg dep.c., durante 5 dias), sobre vários parâmetros metabólicos e sobre o estado redox de ilhotas pancreáticas de ratos. Quatro grupos experimentais foram utilizados: sedentário controle (SC), sedentário tratado com DEX (SD), treinado controle (TC) e treinado tratado com DEX (TD). O tratamento com DEX induziu hiperglicemia (níveis glicêmicos: 90.8 ± 3.9, 299.2 ± 24.3, 84.3 ± 2.9, 229.9 ± 19.2 mg/dL para SC, SD, TC, TD, respectivamente; n = 10; P < 0.05), hipertrigliceridemia (níveis de triglicerídeos: 94.2 ± 4.3...

‣ Treinamento físico aeróbio previne à hipertrofia cardíaca patológica e melhora a função diastólica em ratos Zucker obesos

Barretti,Diego Lopes Mendes; Carmo,Everton Crivoi do; Rosa,Kaleizu Teodoro; Irigoyen,Maria Claudia Costa; Oliveira,Edilamar Menezes de
Fonte: Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo Publicador: Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 Português
Relevância na Pesquisa
68.32415%
A obesidade é uma patologia diretamente relacionada com o desenvolvimento de doenças cardiovasculares. Por outro lado, o treinamento físico aeróbio atenua o desenvolvimento da obesidade e promove benefícios cardíacos em obesos. Dessa forma, nosso objetivo foi investigar se a obesidade altera a função cardíaca e se sua associação com o treinamento físico aeróbio promove melhora na função cardíaca em ratos Zucker obesos. Os ratos Zucker foram divididos da seguinte forma: grupo magro (GM), grupo obeso (GO), grupo magro treinado (GMTR) e grupo obeso treinado (GOTR). O protocolo de treinamento aeróbio de natação foi realizado por um período de 10 semanas com cinco sessões semanais de 60 minutos de duração. A frequência cardíaca de repouso, a pressão arterial sistólica, a hipertrofia e função cardíaca foram avaliadas no final do período de treinamento físico. Ambos os grupos treinados apresentaram uma queda de 12% da frequência cardíaca de repouso, quando comparado com seus respectivos controles. Ainda, nossos resultados demonstraram que o treinamento aeróbio reduziu o aumento da massa cardíaca em 13% e melhorou a função diastólica na obesidade em 43%. Em conclusão, nossos dados demonstraram que o treinamento físico aeróbio reverteu os prejuízos cardíacos causados pela obesidade.

‣ Treinamento físico: considerações práticas e científicas

Roschel,Hamilton; Tricoli,Valmor; Ugrinowitsch,Carlos
Fonte: Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo Publicador: Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 Português
Relevância na Pesquisa
68.32415%
O treinamento físico é uma importante área de atuação profissional da Educação Física e do Esporte. Ela tem por objetivo precípuo, a melhoria do desempenho físico-esportivo através da aplicação de um processo organizado e sistemático composto por exercícios físicos. Nos últimos anos, os progressos tecnológicos e nos métodos de investigação científica nas diferentes subáreas relacionadas ao treinamento físico trouxeram um avanço significativo na obtenção deste objetivo. Neste artigo será discutido, do ponto de vista acadêmico-científico e também da prática profissional, o estado da arte do conhecimento associado à avaliação do treinamento, ao controle da carga de treinamento, aos modelos de organização da carga de treinamento e ao desenvolvimento das capacidades motoras. Esperamos que ao final, o leitor possa ter um bom entendimento destes diferentes componentes, como eles contribuem para a modificação do desempenho motor e como aplicá-los para a elaboração, implementação, avaliação e reformulação de programas de treinamento físico.

‣ Expressão das proteínas de choque térmico (HSPs) no músculo cardíaco em resposta ao treinamento físico: uma revisão sistemática

Drummond,Lucas Rios; Gomes,Luis Henrique Lobo Silame; Carneiro-Júnior,Miguel Araújo; Prímola-Gomes,Thales Nicolau; Natali,Antônio José
Fonte: Universidade Estadual de Maringá Publicador: Universidade Estadual de Maringá
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 Português
Relevância na Pesquisa
68.290576%
O aumento da expressão das proteínas de choque térmico (HSPs) em resposta ao treinamento físico vem sendo considerado um dos mecanismos envolvidos na proteção ao miocárdio. O objetivo do presente estudo consiste em realizar uma revisão sistemática sobre a relação do treinamento físico na expressão das HSPs no músculo cardíaco. Para tanto, realizou-se revisão sistemática de artigos publicados entre 2000 e 2013. Os descritores utilizados foram: heat shock protein, HSP, exercise, training, cardiac e heart, no idioma inglês na base de dados Pubmed e Scielo. Foram encontrados 203 artigos, sendo 26 incluídos para análise. O treinamento físico aumentou a expressão das HSPs 20, 27, 60, 70, 72, 73 e não alterou a expressão da HSP 25. A HSP 90 foi alterada apenas pelo treinamento realizado em ambiente frio (4ºC). Conclui-se que o treinamento físico é capaz de aumentar a expressão das HSPs no músculo cardíaco, promovendo proteção celular e aumentando a proteção ao miocárdio como um todo.

‣ Efeitos do treinamento físico moderado sobre a morfometria do baço de ratos adultos endotoxêmicos submetidos a desnutrição perinatal

Moita, Luanna; Teles de Pontes Filho, Nicodemos (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
Português
Relevância na Pesquisa
68.45658%
Objetivo: Avaliar o efeito do treinamento físico moderado em alguns aspectos da morfometria do baço de ratos adultos endotoxêmicos submetidos à desnutrição perinatal. Métodos: Ratos machos Wistar divididos em 2 grupos experimentais de acordo com a dieta fornecida às mães: controle (caseína a 17%, n=24) e desnutridos (caseína a 8%, n=24). Aos 60 dias de idade, os grupos foram subdivididos com relação ao treinamento físico moderado: controle (C, n=12), controle + treinamento físico (T, n=12), desnutrido (D, n=12) e desnutrido + treinamento físico (DT, n=12). O protocolo de treinamento foi realizado em esteira ergométrica durante 8 semanas (5 dias/sem, 60 min/dia a 70% do VO2max ). Após 24h da última sessão de treinamento, metade dos animais de cada grupo recebeu injeção i.p. de lipopolissacarídeo, enquanto seus pares receberam injeção de solução salina. Foram registradas as mudanças dos indicadores somáticos, do percentual de leucócitos no sangue, do número e tamanho dos folículos linfóides e do tamanho da zona marginal esplênica. A contagem diferencial de leucócitos circulantes foi realizada através de esfregaço sanguíneo corada com o kit panótico rápido, a contagem e a morfometria dos folículos esplênicos e da zona marginal foram estudadas por microscopia óptica. Resultados: Na contagem diferencial de leucócitos do sangue não houve diferença com relação à desnutrição perinatal e ao treinamento físico moderado. Porém...

‣ Efeito do treinamento físico moderado sobre a morfologia e morfometria do coração re ratos adultos submetidos à desnutrição perinatal

de Araújo Palmeira, América; Justino da Silva, Hilton (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
Português
Relevância na Pesquisa
68.360464%
Foram analisados os efeitos moduladores do treinamento físico moderado sobre parâmetros morfométricos do ventrículo esquerdo de ratos adultos submetidos à desnutrição protéica perinatal. Ratos machos da linhagem Wistar (n = 27) foram divididos em dois grupos: controle (C, n = 16 caseína 17%) e desnutrido (D, n = 11 caseína 8%), de acordo com a dieta oferecida à mãe durante a gestação e lactação. Após o período de desmame, todos os animais receberam dieta padrão do biotério (Labina®). Aos 60 dias de vida, os dois grupos foram subdivididos de acordo com a realização do treinamento físico: Controle (C: caseína 17%, n=8); Desnutrido (D: caseína 8%, n= 4; Treinado (T: caseína 17%, n= 8) e Desnutrido Treinado (DT: caseína 8%, n= 7). O treinamento físico moderado foi realizado em esteira motorizada (8 semanas, 5 dias/semana, 60 min/dia e VO2 max de 70% ). Após o treinamento os animais foram sacrificados e o coração foi analisado para estudos dos parâmetros morfométricos do ventrículo esquerdo. A histomorfometria do coração e de suas células foi realizada com o programa de análise de imagens Image J 1.44p®. O crescimento corporal foi avaliado ao longo do experimento. Observou-se menor peso corporal ao final da lactação no grupo D (26...

‣ Influência do treinamento físico moderado e da atividade física voluntária na plasticidade fenotípica de ratos

Hermes Pires de Melo Montenegro, Iracema; Virgínia Góis Leandro, Carol (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
Português
Relevância na Pesquisa
68.290576%
Objetivo: Avaliar os efeitos do treinamento físico moderado sobre a leptinemia em ratos adultos submetidos à desnutrição protéica perinatal e da atividade física voluntária em ratos em desenvolvimento. Métodos: Esta pesquisa foi dividida em duas etapas: (1) avaliação dos efeitos do treinamento físico moderado sobre ratos adultos submetidos à desnutrição perinatal, (2) avaliação do nível de atividade física em ratos. 1ª Etapa. 24 ratos filhotes machos da linhagem Wistar (8 ratas Wistar, genitoras) através de suas genitoras, foram submetidos a uma dieta normoprotéica (17% caseína, n = 12) ou uma dieta de baixa proteína (8% de caseína, n = 12) durante o período perinatal. No 60º dia de idade, os animais foram subdivididos em 4 grupos: dieta normoprotéica (controle, C, n = 6), dieta de baixa proteína (desnutrido, D, n = 6), dieta normoprotéica e treinado (treinado, T, n = 6) e dieta de baixa proteína e treinados (desnutrido e treinado DT, n = 6). Os ratos foram treinados através de corrida em uma esteira durante 8 semanas (5 dias / semana, 60 min / dia a 70% do VO2 máx). O peso corporal e taxa de crescimento foram registrados diariamente durante todo o experimento. Após o período de treinamento, aos 118 dias de idade o tecido adiposo visceral e subcutâneo foi retirado para avaliação de leptina (analisados por Western Blot). 2ª Etapa. Ratos Wistar (23 dias de idade) foram divididos em dois grupos: controle (C...

‣ Influência do Treinamento Físico Moderado e da Atividade Física Voluntária na Plasticidade Fenotípica de Ratos

Montenegro, Iracema Hermes Pires de Mélo; Leandro, Carol Góis (Orientadora)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
68.290576%
Objetivo: Avaliar os efeitos do treinamento físico moderado sobre a leptinemia em ratos adultos submetidos à desnutrição protéica perinatal e da atividade física voluntária em ratos em desenvolvimento. Métodos: Esta pesquisa foi dividida em duas etapas: (1) avaliação dos efeitos do treinamento físico moderado sobre ratos adultos submetidos à desnutrição perinatal, (2) avaliação do nível de atividade física em ratos. 1ª Etapa. 24 ratos filhotes machos da linhagem Wistar (8 ratas Wistar, genitoras) através de suas genitoras, foram submetidos a uma dieta normoprotéica (17% caseína, n = 12) ou uma dieta de baixa proteína (8% de caseína, n = 12) durante o período perinatal. No 60º dia de idade, os animais foram subdivididos em 4 grupos: dieta normoprotéica (controle, C, n = 6), dieta de baixa proteína (desnutrido, D, n = 6), dieta normoprotéica e treinado (treinado, T, n = 6) e dieta de baixa proteína e treinados (desnutrido e treinado DT, n = 6). Os ratos foram treinados através de corrida em uma esteira durante 8 semanas (5 dias / semana, 60 min / dia a 70% do VO2 máx). O peso corporal e taxa de crescimento foram registrados diariamente durante todo o experimento. Após o período de treinamento, aos 118 dias de idade o tecido adiposo visceral e subcutâneo foi retirado para avaliação de leptina (analisados por Western Blot). 2ª Etapa. Ratos Wistar (23 dias de idade) foram divididos em dois grupos: controle (C...

‣ Controle cardiovascular em fêmeas ooforectomizadas diabéticas: efeitos do treinamento físico dinâmico aeróbio, resistido ou combinado; Cardiovascular control in female diabetic ovariectomized rats: effects of dynamic aerobic, resistance and combined exercise training

Sanches, Iris Callado
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 02/07/2012 Português
Relevância na Pesquisa
68.387456%
O treinamento físico aeróbico induz atenuação de disfunções cardiometabólicas que acometem mulheres menopausadas e/ou diabéticas. Entretanto, estudos envolvendo treinamento resitido ou combinado (aeróbio + resistido) são escassos e controversos. Dessa forma, os objetivos do presente estudo foram avaliar os efeitos metabólicos, cardiovasculares e autonômicos da privação dos hormônios ovarianos na presença ou não de diabetes induzido por estreptozotocina em ratas, bem os efeitos do treinamento físico aeróbio dinâmico, resistido dinâmico, ou combinado nesta condição. Ratas Wistar (200-220g) foram dividas em um grupo controle sedentário (ES), um grupo diabético sedentário (DS) e 5 grupos ooforectomizados (retirada bilateral dos ovários) (n=8), sendo um euglicêmico sedentário (EOS) e os demais diabéticos (estreptozotocina, 50 mg/kg, iv): sedentário (DOS), submetido a treinamento físico (TF) aeróbio em esteira (DOTA), a TF resistido em escada (DOTR), ou a TF combinado, em escada e esteira em dias alternados (DOTC). Após as 8 semanas de TF, a função e a morfometria cardíaca foram avaliadas pelo ecocardiograma e, no dia seguinte, os animais foram canulados para registro da pressão arterial (PA) e avaliação da sensibilidade barorreflexa (SB). A análise da variabilidade da frequência cardíaca (FC) e da PA sistólica (PAS) foi realizada no domínio do tempo e da frequência. Os resultados demonstraram aumento de 9% no peso corporal e 10% na PA...

‣ O impacto da ventilação não-invasiva no treinamento físico em pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica moderada a grave; The impact of noninvasive ventilation during the physical training in patients with moderate-to-severe chronic obstructive pulmonary disease (COPD)

Toledo, Andreza; Borghi-Silva, Audrey; Sampaio, Luciana Maria Malosá; Ribeiro, Karla Paiva; Baldissera, Vilmar; Costa, Dirceu
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2007 Português
Relevância na Pesquisa
68.290576%
OBJETIVO: Avaliar a influência do treinamento físico, com e sem ventilação não invasiva com dois níveis de pressão nas vias aéreas (BiPAP®), em pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica. MÉTODOS: Dezoito pacientes com VEF1=34±8% do previsto, idade média de 68±9 anos, foram randomicamente distribuídos em dois grupos, um grupo realizando treinamento físico em esteira e outro grupo realizando treinamento físico associado ao BiPAP® (treinamento físico+B), durante 30 minutos, 3 vezes por semana, por 12 semanas. A velocidade do treinamento foi baseada no teste cardiopulmonar realizado pré e pós-intervenção, com registro dos valores de freqüência cardíaca, pressão arterial sistólica, pressão arterial diastólica, saturação periférica de oxigênio, lactato sanguíneo, sensação de dispnéia, força muscular respiratória e análise de gases expirados como consumo de oxigênio, produção de dióxido de carbono. RESULTADOS: Em ambos os grupos houve melhora significativa na dispnéia e saturação periférica de oxigênio no mesmo nível de esforço, na distância percorrida no teste cardiopulmonar e na força muscular respiratória (p; OBJECTIVE: To evaluate the influence of physical training with or without noninvasive ventilation at 2 levels of pressure in the airways (BiPAP®) in patients with chronic obstructive pulmonary disease. METHODS: Eighteen patients with FEV1 = 34 ± 8% of predicted values...

‣ Treinamento físico: considerações práticas e científicas; Physical training: scientific and practical considerations

Roschel, Hamilton; Tricoli, Valmor; Ugrinowitsch, Carlos
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2011 Português
Relevância na Pesquisa
68.32415%
O treinamento físico é uma importante área de atuação profissional da Educação Física e do Esporte. Ela tem por objetivo precípuo, a melhoria do desempenho físico-esportivo através da aplicação de um processo organizado e sistemático composto por exercícios físicos. Nos últimos anos, os progressos tecnológicos e nos métodos de investigação científica nas diferentes subáreas relacionadas ao treinamento físico trouxeram um avanço significativo na obtenção deste objetivo. Neste artigo será discutido, do ponto de vista acadêmico-científico e também da prática profissional, o estado da arte do conhecimento associado à avaliação do treinamento, ao controle da carga de treinamento, aos modelos de organização da carga de treinamento e ao desenvolvimento das capacidades motoras. Esperamos que ao final, o leitor possa ter um bom entendimento destes diferentes componentes, como eles contribuem para a modificação do desempenho motor e como aplicá-los para a elaboração, implementação, avaliação e reformulação de programas de treinamento físico.; Physical training is an important field of work for the Physical Education and Sport professional. Its main goal is to develop the physical capacity and sports performance of an individual by means of an organized and systematic application of physical exercises. In the past years...

‣ Treinamento físico melhora a disfunção quimiorreflexa em ratos diabéticos por estreptozotocina; Exercise training improves chemoreflex disfunction in diabetic rats

Costa, Luciana Parente; Harthmann, Ângela; Arruda, Paula; Irigoyen, Maria-Cláudia; Angelis, Kátia De
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/09/2004 Português
Relevância na Pesquisa
68.326885%
O objetivo do presente estudo foi avaliar os efeitos do treinamento físico na pressão arterial, na freq üência cardíaca e na sensibilidade quimiorreflexa em ratos diabéticos por estreptozotocina. Os animais foram divididos em grupos controle (CS, n = 6), diabético sedentário (DS, n = 6) e diabético treinado (DT, n = 6). Uma semana após a indução do diabetes (Estreptozotocina, 50 mg/kg), ratos machos Wistar foram submetidos a um protocolo de treinamento físico em esteira ergométrica por 10 semanas. Os sinais de pressão arterial foram gravados e processados em um sistema de aquisição de dados (CODAS,1KHz). Cianeto de potássio (KCN,100 ug/kg) foi utilizado para avaliar a resposta bradicárdica desencadeada pela estimulação dos quimiorreceptores. A bradicardia e a hipotensão do diabetes (DS:274 ± 6 bpm e 94 ± 2 mmHg vs CS:332 ± 5 bpm e 108 ± 2 mmHg) foram atenuadas pelo treinamento físico (DT:299 ± 5 bpm e 107 ± 2 mmHg). A resposta bradicárdica foi menor nos ratos DS (33 ± 5 bpm) quando comparado aos ratos CS (182 ± 3 bpm) e DT (89 ± 10 bpm). Concluindo, o treinamento físico reverteu a hipotensão e a bradicardia e melhorou a sensibilidade quimioreflexa em ratos STZ. Considerando que diabéticos com reflexos cardiovasculares anormais apresentam maior mortalidade que diabéticos com função reflexa autonômica normal...

‣ Aerobic exercise training revert pathologic cardiac hypertrophy and improves the diastolic function in obese Zucker rats; Treinamento físico aeróbio previne à hipertrofia cardíaca patológica e melhora a função diastólica em ratos Zucker obesos

Barretti, Diego Lopes Mendes; Carmo, Everton Crivoi do; Rosa, Kaleizu Teodoro; Irigoyen, Maria Claudia Costa; Oliveira, Edilamar Menezes de
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Educação Física e Esporte
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2011 Português
Relevância na Pesquisa
68.32415%
A obesidade é uma patologia diretamente relacionada com o desenvolvimento de doenças cardiovasculares. Por outro lado, o treinamento físico aeróbio atenua o desenvolvimento da obesidade e promove benefícios cardíacos em obesos. Dessa forma, nosso objetivo foi investigar se a obesidade altera a função cardíaca e se sua associação com o treinamento físico aeróbio promove melhora na função cardíaca em ratos Zucker obesos. Os ratos Zucker foram divididos da seguinte forma: grupo magro (GM), grupo obeso (GO), grupo magro treinado (GMTR) e grupo obeso treinado (GOTR). O protocolo de treinamento aeróbio de natação foi realizado por um período de 10 semanas com cinco sessões semanais de 60 minutos de duração. A frequência cardíaca de repouso, a pressão arterial sistólica, a hipertrofia e função cardíaca foram avaliadas no final do período de treinamento físico. Ambos os grupos treinados apresentaram uma queda de 12% da frequência cardíaca de repouso, quando comparado com seus respectivos controles. Ainda, nossos resultados demonstraram que o treinamento aeróbio reduziu o aumento da massa cardíaca em 13% e melhorou a função diastólica na obesidade em 43%. Em conclusão, nossos dados demonstraram que o treinamento físico aeróbio reverteu os prejuízos cardíacos causados pela obesidade.; Obesity is profoundly involved in cardiovascular diseases. On the other hand...