Página 1 dos resultados de 1370 itens digitais encontrados em 0.021 segundos

‣ O processo de enfrentamento vivido por pais de indivíduos com fissura labiopalatina, nas diferentes fases do desenvolvimento; The coping process experienced by parents of individuals with cleft lip and palate at the different stages of development

Minervino-Pereira, Ana Cristina Musa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/12/2005 Português
Relevância na Pesquisa
131.44159%
Objetivo: Descrever e analisar o processo de enfrentamento vivido por pais de indivíduos com fissura labiopalatina, nos seguintes períodos do desenvolvimento humano: por ocasião do nascimento, no início da educação formal e na adolescência. Modelo: estudo prospectivo que descreveu e comparou três grupos de pais de pacientes com fissura transforame em diferentes etapas do desenvolvimento. Local: Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais – USP/Bauru. Participantes: 150 pais de pacientes com fissura transforame inciso divididos em três grupos: G1- 50 pais de pacientes com fissura transforame incisivo não operada na faixa etária de zero a dois anos; G2- 50 pais de pacientes com fissura transforame incisivo, na faixa etária de seis a oito anos; G3- 50 pais de pacientes com fissura transforame incisivo, na faixa etária de 12 à 15 anos. Intervenções: Protocolo de entrevista, abordando questões sobre a identificação dos participantes, os sentimentos experienciados, as atitudes de enfrentamento, redes de apoio utilizadas e a influência da presença do filho na família, nas relações conjugais e nos irmãos. Variáveis: Diferentes fases do desenvolvimento: ocasião do nascimento, período escolar e adolescência. Resultados/Conclusões: Os resultados obtidos nesse estudo mostram que há poucas diferenças nas formas de enfrentamento utilizadas por pais de crianças com fissuras transforame nos diferentes períodos de desenvolvimento estudados. Todavia...

‣ Desempenho escolar de crianças com fissura labiopalatina na visão dos professores; School performance of children with cleft lip and palate under the teachers' points of view

Domingues, Ana Beatriz Cardoso
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/11/2007 Português
Relevância na Pesquisa
131.23245%
Objetivo: Investigar, por meio da opinião dos professores de 1ª a 8ª séries do Ensino Fundamental de Bauru e região, o desempenho escolar de indivíduos com fissura labiopalatina sem anomalias associadas e correlacionar os possíveis fatores interferentes. Modelo: Análise retrospectiva de prontuários para caracterização dos alunos com fissura labiopalatina e análise prospectiva, através de questionários aos professores, para caracterização das escolas, dos professores, dos alunos e a participação da família no cotidiano escolar. Local de Execução: HRAC/USP e as Escolas de Ensino Fundamental de Bauru e região. Participantes: 61 indivíduos, com idade entre 7 e 14 anos, com fissura labiopalatina, sem anomalias associadas, regularmente matriculados em classes de 1ª a 8ª séries do Ensino Fundamental e seus respectivos professores. Intervenções: Análise documental e aplicação de questionário específico, abordando questões sobre a caracterização da escola, do professor e a opinião do mesmo sobre a sala de aula, o aluno pesquisado em comparação aos demais alunos e sobre a participação da família no cotidiano escolar do aluno. Conclusões: O desempenho escolar da maioria dos alunos com fissura labiopalatina sem anomalias associadas da amostra...

‣ Avaliação radiográfica da posição e inclinação do canino superior permanente adjacente ao defeito ósseo alveolar em portadores de fissura labiopalatina unilateral completa; Radiographic evaluation of the permanent maxillary canine position and inclination on the cleft side in patients with complete unilateral cleft lip and palate

Faria, Flávia Pecora Carneiro de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/01/2009 Português
Relevância na Pesquisa
131.12626%
A reabilitação das fissuras labiopalatinas compreende o enxerto ósseo secundário para reparar a ruptura do rebordo alveolar. A avaliação radiográfica dos elementos dentários adjacentes à fissura alveolar é um importante recurso de diagnóstico no planejamento ortodôntico e/ou cirúrgico. A proposta desta pesquisa foi analisar, por meio de radiografia panorâmica, a inclinação e a posição do canino superior permanente (CSP) do segmento fissurado em indivíduos portadores de fissura labiopalatina unilateral completa. Utilizou-se 102 radiografias panorâmicas, sendo 52 de crianças com fissura labiopalatina unilateral completa (grupo de estudo) e 50 de crianças não-fissuradas (grupo controle), na faixa etária de 9 a 11 anos. Após os traçados anatômicos de interesse, mensurou-se o ângulo formado pelo longo eixo do CSP, em relação ao plano bi-orbital, nos segmentos fissurado e não-fissurado, do grupo de estudo, e nos lados direito e esquerdo, do grupo controle. A posição do CSP do segmento fissurado foi considerada mesial ou distal na dependência da projeção de sua junção amelocementária mesial em relação a um ponto prédeterminado na fissura alveolar. Os resultados mostraram que os caninos dos segmentos fissurados apresentaram valor médio de angulação menor (69...

‣ Jovens com fissura labiopalatina: avaliação de saúde mental; Youngsters with cleft lip and palate: evaluation of mental health

Guimarães, Ana Celina Pires de Campos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/07/2010 Português
Relevância na Pesquisa
131.26855%
Objetivo: Investigar a saúde mental de jovens com fissura labiopalatina transforame em atendimento no Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais, USP. Modelo/Pacientes: Estudo observacional transversal, em 60 sujeitos com idade entre 19 e 26 anos: 30 sujeitos com fissura labiopalatina transforame (Grupo 1) e 30 sujeitos sem fissura labiopalatina (Grupo-Controle). O método foi quanti-qualitativo, utilizando como instrumentos a entrevista clínica semiestruturada e o Questionário de Saúde Geral (QSG) de Goldberg, que avalia a presença de transtornos mentais comuns não-psicóticos: stress psíquico, desejo de morte, desconfiança no desempenho, distúrbios do sono, distúrbios psicossomáticos e saúde geral. Local: As entrevistas foram realizadas na Sociedade de Promoção Social do Fissurado Lábio-Palatal (PROFIS), prestadora de assistência aos pacientes em tratamento no Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais. Resultados: Os dados quantitativos obtidos no QSG, pelos Grupos 1 e Controle foram comparados, não se encontrando diferença estatisticamente significativa entre os pacientes com fissura labiopalatina e o Grupo-Controle, nos fatores de Saúde Mental. Quanto aos gêneros, encontrou-se diferença estatisticamente significativa no fator Desejo de Morte...

‣ A efetividade jurídica das normas de inclusão das pessoas com fissura labiopalatina no mercado de trabalho; The juridical effectiveness of regulations for the inclusion of persons with cleft lip and palate in the job market

Campos, Claudia Berbert
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/09/2011 Português
Relevância na Pesquisa
131.40072%
Objetivos: Investigar o percentual de pessoas com fissura labiopalatina inseridas ou não no mercado de trabalho e identificar as dificuldades vivenciadas nesse processo. Método: Estudo descritivo em 519 indivíduos com idade entre 18 e 35 anos com fissura de lábio e/ou palato, das diferentes regiões do Brasil, em tratamento no Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais da Universidade de São Paulo (HRAC/USP). O método baseou-se em abordagem quanti-qualitativa, utilizando como instrumento para a coleta de dados um formulário de entrevista com 30 questões divididas em domínios. O cálculo formal da amostra foi feito a partir de um universo de 9.109 indivíduos que se enquadravam nos critérios definidos para o presente trabalho, com uma margem de erro global de 4,2% e nível de confiança de 95%, chegando-se a uma amostra de 514 indivíduos a serem analisados que, ao final da pesquisa, totalizou 519 participantes. Os domínios levantados foram: perfil sócio-demográfico; situação profissional atual; experiências profissionais anteriores; conhecimento e acesso de direitos; dificuldades e facilidades para inserção social e mercado de trabalho. Resultados: Dados quantitativos aferidos a partir das respostas colhidas em cada um dos domínios do formulário de entrevista mostraram que um percentual significativo de indivíduos estudados não está sendo contemplado com a reserva de cotas no mercado de trabalho (89...

‣ Estudo genético da mutação do gene AMELX na malformação dentária de pacientes com e sem fissura labiopalatina; Genetic study of the AMELX gene mutation on dental malformations of patients with and without cleft lip and palate.

Oliveira, Fernanda Veronese de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/12/2011 Português
Relevância na Pesquisa
131.30995%
O objetivo deste trabalho foi investigar a ocorrência de mutações na sequência de nucleotídeos do gene AMELX, candidato a defeitos na formação do esmalte dentário, em indivíduos com e sem fissura labiopalatina. Para análise do gene proposto, foi coletado saliva de 165 indivíduos, que foram divididos em 4 grupos: Grupo 1 - composto por 46 indivíduos com fissura labiopalatina e malformação dentária; Grupo 2 - composto por 34 indivíduos com fissura labiopalatina e sem malformação dentária; Grupo 3 - composto por 34 indivíduos sem fissura labiopalatina e com malformação dentária e Grupo 4 - composto por 51 indivíduos sem fissura labiopalatina e malformação dentária. Foi realizada a extração do DNA genômico das amostras de saliva, seguido da PCR e sequenciamento direto. Cada mutação identificada no sequenciamento foi confirmada repetindo-se a reação de sequenciamento da fita antisenso. Após a coleta dos dados no Software SeqScape® 2.6, estes foram devidamente analisados por meio de gráficos e tabelas. Das amostras submetidas ao sequenciamento genético, obteve-se um aproveitamento de 95%, 90%, 89%, 88%, 94% e 100% destas amostras dos éxons 2, 3, 4, 5, 6 e 7, respectivamente. Dos 990 fragmentos sequenciados (seis éxons em 165 amostras de saliva)...

‣ Análise da oclusão dentária em crianças portadoras de fissura completa de lábio e palato; Analysis of dental occlusion in children with complete cleft lip and palate

Crepaldi, Jairo Lessa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/06/2012 Português
Relevância na Pesquisa
131.22946%
As fissuras labiopalatinas alteram o crescimento e o desenvolvimento do complexo maxilo-mandibular, assim como todas as funções orofaciais. As cirurgias reparadoras primárias representam o maior agente modificador do crescimento maxilo-facial, de forma a restringi-lo. O sucesso do tratamento reabilitador do paciente fissurado depende da correta atuação de uma equipe multidisciplinar. Este trabalho teve como objetivo avaliar as condições oclusais em modelos de gesso de pacientes portadores de fissura labiopalatina completa, não sindrômicos, correlacionando o prognóstico ao tipo de fissura, fase de desenvolvimento da dentição, gênero e hospital de reabilitação cirúrgica. Utilizou-se 87 pares de modelos das arcadas dentárias de pacientes fissurados do Ambulatório da Disciplina de Prótese Buco Maxilo Facial da Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo, que haviam sido submetidos às cirurgias reparadoras primárias em cronologia clássica (queiloplastia 3 a 6 meses e palatoplastia 18 meses), sem enxerto ósseo alveolar e/ou tratamento ortodôntico prévio. O grupo estudado foi composto de 57 pacientes com Fissura Labiopalatina unilateral, com idade média de 6 anos e 5 meses e 30 pacientes com Fissura Labiopalatina bilateral com idade média de 6 anos e 2 meses. Para a classificação dos modelos em gesso de fissurados unilaterais...

‣ Avaliação volumétrica da fenda alveolar por meio de tomografia computadorizada por feixe cônico (TCFC) em pacientes com fissura labiopalatina; Volumetric assessement of the alveolar cleft using Cone Beam Computerized Tomography (CBCT) in patients with cleft lip and palate

Rocha, Marcos Antonio de Souza
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/05/2012 Português
Relevância na Pesquisa
131.09908%
A reabilitação dos pacientes com fissura de lábio e palato teve significativa evolução nas últimas décadas, sendo o desenvolvimento do enxerto ósseo alveolar muito importante para este avanço. É um procedimento que requer atenção rigorosa aos detalhes, por esta razão os exames de imagem são de grande auxílio. As Tomografias Computadorizadas enriqueceram os métodos de diagnóstico, despertando o interesse nos estudos desta modalidade de exame dentro da abordagem terapêutica da fissura labiopalatina. Este trabalho tem por objetivo desenvolver uma metodologia para avaliar o volume da fenda alvelar, por meio de Tomografia Computadorizada por Feixe Cônico. Utilizou-se o Software Open Source OsiriXTM DICOM Viewer Apple Inc, Versão 3.7.1 32 bits, um software de domínio público e que pode ser baixado gratuitamente na internet. Este software permite a visualização e manipulação de arquivos de tomografia computadorizada, desde de que os mesmos sejam salvos no formato DICOM, oferecendo possibilidade de mensuração tanto de medidas lineares, como de cálculo de área e de volume, sempre em proporções reais (1:1). A amostra foi constituída pelas imagens tomográficas de 30 pacientes, sendo 24 portadores de fissuras unilaterais e 6 de bilaterais...

‣ Fissura labiopalatina: estresse e qualidade de vida; Cleft lip and palate: stress and quality of life

Pinto, Roberta Ribeiro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/09/2012 Português
Relevância na Pesquisa
131.25895%
Objetivo: Avaliar o nível de estresse e a qualidade de vida em indivíduos adultos nascidos com fissura labiopalatina reabilitados cirurgicamente. Material e Método: Utilizou-se para a avaliação do nível estresse o Inventário de Sintomas de Estresse de Lipp (ISSL) e para a avaliação da qualidade de vida o World Health Organization Quality of Life. Os instrumentos foram aplicados em 100 indivíduos na faixa etária de 18 a 34 anos no período de janeiro a novembro de 2010. Desses, foram sorteados 10 indivíduos do gênero masculino e 10 do feminino para cada tipo de fissura, pré-forame, transforame unilateral e pós-forame compondo-se três grupos de 20 indivíduos totalizando amostra de 60 indivíduos. Resultados: O nível de estresse foi baixo nos indivíduos com FLP, não ocorrendo diferença estatística entre os três grupos. Da mesma forma, a qualidade de vida também se mostrou adequada para todos os grupos analisados, considerando-se os domínios físico, social e meio ambiente. O domínio psicológico apresentou escore menor nos indivíduos do gênero feminino. Conclusão: O nível de estresse assim como a qualidade de vida podem ser considerados adequados nos indivíduos com FPL.; Objective: To assess the level of stress and quality of life in adult subjects with operated cleft lip and palate. Material and Method: The level of stress was assessed through The Lipp Stress Symptom Inventory (ISSL). The World Health Organization Quality of Life Instrument was used to assess quality of life. 100 subjects...

‣ Avaliação estética da região nasolabial em crianças com fissura labiopalatina unilateral por meio de fotografias padronizadas; Aesthetic evaluation of the nasolabial region in children with unilateral cleft lip and palate by means of standardized photographs

Paiva, Tatiana Borges Saito
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/02/2014 Português
Relevância na Pesquisa
131.29736%
As avaliações estéticas dos resultados da reabilitação das fissuras labiopalatinas podem direcionar o planejamento de novas intervenções cirúrgicas além de auxiliar na reavaliação de protocolos de tratamento. O objetivo deste estudo foi avaliar a estética da região nasolabial em crianças com fissura labiopalatina unilateral por meio de fotografias padronizadas. O grupo estudado foi selecionado no Ambulatório da Disciplina de Prótese Bucomaxilofacial da Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo, sendo constituído por 55 pacientes na faixa etária entre 6 e 12 anos, que apresentavam fissura unilateral de lábio e rebordo alveolar, com ou sem comprometimento do palato, não sindrômicos, já submetidos às cirurgias reparadoras primárias. Foram obtidas fotografias digitais padronizadas em vista frontal, perfil direito, perfil esquerdo e obliqua submental, nas quais foram avaliadas características estéticas do nariz, lábio e região nasolabial. Em um primeiro estudo, por meio da classificação de Asher-McDade, foram realizadas as análises estéticas do lábio, nariz e região nasolabial dos 55 pacientes por três avaliadores experientes no tratamento de fissurados, utilizando fotografias de face inteira e fotografias de imagem recortada da região nasolabial...

‣ Analysis of the maxillary dental arch after rapid maxillary expansion in patients with unilateral complete cleft lip and palate; Analysis of the maxillary dental arch after rapid maxillary expansion in patients with unilateral complete cleft lip and palate

Ayub, Priscila Vaz
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/07/2014 Português
Relevância na Pesquisa
131.54138%
Objective: The aim of this study was to evaluate the dentoalveolar effects of rapid maxillary expansion in children with unilateral complete cleft lip and palate in comparison with non-cleft patients. Methods: The experimental group (EG) was composed of 25 patients with unilateral and complete cleft lip and palate (9 males and 15 females) with a mean age of 10.6 years. The control group (CG) comprised of 27 patients without cleft lip and palate (14 males and 13 females) with a mean age of 9.1 years. Dental models of the maxillary dental arch were obtained immediately preexpansion (T1) and 6 months post-expansion (T2) at the time of appliance removal. Digital dental models were obtained using the 3Shape R700 3D laser scanner (3Shape A/S, Copenhagen, Denmark). Transversal widths, arch perimeter, arch length, palatal depth, palatal volume, canine and posterior tooth inclination were digitally measured. Paired t-test was used to perform interphase comparisons and independent t-test to perform intergroup comparisons (p<0.05). Results: In the experimental group, the expansion produced a ignificant increase of all maxillary transverse measurements, palatal volume, arch perimeter and palatal depth while decreased the arch length. RME caused a buccal tip of posterior teeth in patients with UCLP. No differences were observed between experimental and control groups for all the measurements performed except for the intermolar distance (6-6)...

‣ Avaliação do crescimento e desenvolvimento puberal de crianças e adolescentes de 10 a 18 e 6 meses com fissuras labiopalatinas; Evaluation of growth and puberty of children and adolescents from 10-18 years and 6 months with cleft lip and palate

Crês, Maria Cristina
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/07/2014 Português
Relevância na Pesquisa
131.13639%
Este estudo avaliou o crescimento físico e desenvolvimento puberal de crianças e adolescentes de 10 anos a 18 anos e 6 meses com fissuras labiopalatinas (FLP). Foi realizado um estudo descritivo transversal, de uma amostra com 346 pacientes com fissuras labiopalatinas, atendidas no ambulatório do Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais, da Universidade de São Paulo (HRAC-USP), Bauru, São Paulo. Os pacientes foram analisados separadamente por gênero e foram agrupados de acordo com o tipo de fissura em três grupos: Grupo 1 - fissura de lábio isolado (FLI); Grupo 2 - fissura de lábio e palato (FL+P); e Grupo 3 - fissura de palato isolado (FPI). Foram excluídos os pacientes com síndromes associadas, ou com doenças que comprometam o estado geral e o crescimento. Foram obtidas medidas de peso e estatura. Para o cálculo do percentil e do escore z da estatura e do Índice de Massa Corporal (IMC) foi utilizado o programa WHO AnthroPlus (version 1.0.4, 2009). O estadiamento puberal foi avaliado segundo os Estágios de Tanner. Para comparar as estaturas entre os pacientes dos três grupos de FLP, nos diferentes Estágios de Tanner, foi utilizado o teste de ANOVA. O IMC dos meninos e das meninas, a frequência de puberdade atrasada nos meninos e meninas e a frequência de puberdade precoce nas meninas...

‣ Estado nutricional de crianças e adolescentes no pré-operatório de fissuras labiopalatinas; Cleft lip and palate preoperative nutritional status of children and adolescents

Carraro, Deborah Filippini
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
131.10021%
Introdução e objetivos: crianças e adolescente com fissuras labiopalatinas frequentemente apresentam dificuldades alimentares. O pré-operatório costuma ser um momento crítico, cheio de tensões e medos. O período pósoperatório é longo e a alimentação necessita ser alterada pelo menos por 30 dias. Este estudo avaliou o estado nutricional de crianças e adolescentes no pré-operatório de fissuras labiopalatinas, além de descrever a antropometria, o padrão alimentar e comparar o estado nutricional com a faixa etária, o tipo de fissura, o gênero e os exames laboratoriais. Métodos: estudo transversal de uma série de casos, avaliados no dia do procedimento cirúrgico. Foram avaliados 45 pacientes entre zero e 19 anos, operados no Hospital de Clínicas de Porto Alegre e no Serviço Pró-Face de Assistência Social do Círculo Operário Caxiense. Resultados: dentre os pacientes 16 (35,6%) estavam eutróficos; 13 (28,9%) desnutridos; 16 (35,6%) apresentavam sobrepeso e 9 (20%) baixa estatura. O tipo de fissura labiopalatina esteve mais relacionada com o sexo masculino 27 (60%). O VCM estava estatisticamente associado com o E/I e a dosagem de transferrina com a DCT. As crianças ≤ 5 anos consumiam diariamente mais produtos lácteos (p=0...

‣ Processamento auditivo temporal em crianças com fissura labiopalatina : revisão sistemática de literatura; Temporal auditory processing in children with cleft lip and palate : systematic literature review

Lisboa, Patrícia Vargas
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
131.51248%
Introdução: Crianças com fissura labiopalatina podem apresentar privação auditiva devido a episódios recorrentes de otite média. Este é um indicador de risco para distúrbios do processamento auditivo, o qual impacta no desenvolvimento da criança. Objetivo: Verificar a existência de associação entre distúrbios de processamento auditivo temporal e fissura labiopalatina. Método: Foi realizada revisão sistemática de literatura, considerando-se artigos, monografias, dissertações e teses em português, inglês e espanhol, publicados entre 2000 e 2013. Foi realizada busca eletrônica, nas bases de dados PubMed, Ebsco, Embase, Scielo, CINAHL, Cochrane e periódicos CAPES. Os descritores foram: “processamento auditivo temporal”, percepção auditiva”, “criança” e “fissura labiopalatina”. Para localização dos artigos referentes ao assunto “processamento auditivo temporal em crianças portadoras de fissura labiopalatina” realizou-se a associação destes descritores: (cleft palate OR cleft lip OR palatine fissure) AND (auditory perception OR auditory recognition) AND (temporal resolution OR temporal processing OR auditory processing). Os resumos e títulos de manuscritos de estudos potencialmente relevantes para a pesquisa foram selecionados e analisados de acordo com os critérios de inclusão: (1) criança não sindrômica portadora de fissura labiopalatina...

‣ Pattern of disocclusion in patients with complete cleft lip and palate

Matos,Daniella Andaluza Dias; Teixeira,Marcelo Lucchesi; Pinto,João Henrique Nogueira; Lopes,José Fernando Scarelli; Dalben,Gisele da Silva
Fonte: Faculdade De Odontologia De Bauru - USP Publicador: Faculdade De Odontologia De Bauru - USP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2006 Português
Relevância na Pesquisa
131.04924%
OBJECTIVE: to analyze the pattern of disocclusion during excursive mandibular movements and presence or absence of occlusal interferences and occlusal pathologies (gingival recession and abfraction). METHOD: examination of 120 individuals divided into two groups, as follows: Group 1 - 90 patients with complete cleft lip and palate (study group), subdivided into 30 patients with complete left unilateral cleft lip and palate, 30 patients with complete right unilateral cleft lip and palate and 30 patients with complete bilateral cleft lip and palate; Group 2 - 30 individuals without clefts (control group). RESULTS: 58.8% of patients in Group 1 presented unilateral or bilateral canine guidance, 26.6% presented unilateral or bilateral group function and 54.4% presented lateral movements through the posterior teeth. Regarding protrusive movements, 80% presented anterior guidance and 20% presented posterior guidance. In Group 2, 69.6% of individuals presented unilateral or bilateral canine guidance, 43.2% presented unilateral or bilateral group function and only 13.3% presented lateral movements through the posterior teeth; 3.4% presented protrusion through the posterior teeth. CONCLUSIONS: there was no difference in the pattern of disocclusion between subgroups of patients with clefts. Group 2 presented predominance of bilateral group function...

‣ Base of the skull morphology and Class III malocclusion in patients with unilateral cleft lip and palate

Tinano,Mariana Maciel; Martins,Milene Aparecida Torres Saar; Bendo,Cristiane Baccin; Mazzieiro,Ênio
Fonte: Dental Press International Publicador: Dental Press International
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2015 Português
Relevância na Pesquisa
131.47474%
OBJECTIVE: The aim of the present study was to determine the morphological differences in the base of the skull of individuals with cleft lip and palate and Class III malocclusion in comparison to control groups with Class I and Class III malocclusion. METHODS: A total of 89 individuals (males and females) aged between 5 and 27 years old (Class I, n = 32; Class III, n = 29; and Class III individuals with unilateral cleft lip and palate, n = 28) attending PUC-MG Dental Center and Cleft Lip/Palate Care Center of Baleia Hospital and PUC-MG (CENTRARE) were selected. Linear and angular measurements of the base of the skull, maxilla and mandible were performed and assessed by a single calibrated examiner by means of cephalometric radiographs. Statistical analysis involved ANCOVA and Bonferroni correction. RESULTS: No significant differences with regard to the base of the skull were found between the control group (Class I) and individuals with cleft lip and palate (P > 0.017). The cleft lip/palate group differed from the Class III group only with regard to CI.Sp.Ba (P = 0.015). Individuals with cleft lip and palate had a significantly shorter maxillary length (Co-A) in comparison to the control group (P < 0.001). No significant differences were found in the mandible (Co-Gn) of the control group and individuals with cleft lip and palate (P = 1.000). CONCLUSION: The present findings suggest that there are no significant differences in the base of the skull of individuals Class I or Class III and individuals with cleft lip and palate and Class III malocclusion.

‣ A three-dimensional computed tomographic analysis of the cervical spine in unoperated infants with cleft lip and palate

Rajion, Z.; Townsend, G.; Netherway, D.; Anderson, P.; Yusof, A.; Hughes, T.; Ibrahim, S.; Halim, A.; Samsudin, A.; David, D.
Fonte: Amer Cleft Palate-Craniofacial Assoc Publicador: Amer Cleft Palate-Craniofacial Assoc
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2006 Português
Relevância na Pesquisa
141.488955%
OBJECTIVE: To investigate anatomical variations and abnormalities of cervical spine morphology in unoperated infants with cleft lip and palate. DESIGN: Retrospective cross-sectional investigation of infants born with nonsyndromic cleft lip and palate using computed tomography scans acquired for investigation of a spectrum of clinical conditions. SETTING: Computed tomography scan data were obtained from 29 unoperated cleft lip and palate infants and 12 noncleft infants of Malay origin, ages 0 to 12 months. METHODS: Observational study of cervical spine computed tomography scans. Heights of cervical vertebral bodies (C2-C7) and intervertebral spaces were measured from landmarks identified from computed tomography reformats and three-dimensional computed tomography reconstructions. Linear modeling of heights and spaces, with age as a covariate, was undertaken to identify differences between the samples. RESULTS: Anomalous features observed in the cleft lip and palate sample included short posterior arch of C1 (2/29), abnormal development of the anterior arch of C1 (2/29), and fusions of the posterior arch of C2 and C3 (2/29). No anomalies of the cervical spine were observed in the noncleft sample. Although the heights of three cervical vertebral bodies were significantly smaller and two intervertebral spaces were significantly larger in infants with cleft lip and palate compared with noncleft infants (p < .05)...

‣ The hyoid bone in Malay infants with cleft lip and palate

Rajion, Z.; Townsend, G.; Netherway, D.; Anderson, P.; Hughes, T.; Ibrahim, S.; Halim, A.; Samsudin, A.; McLean, N.; David, D.
Fonte: Amer Cleft Palate-Craniofacial Assoc Publicador: Amer Cleft Palate-Craniofacial Assoc
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2006 Português
Relevância na Pesquisa
140.64292%
OBJECTIVE: To compare morphological and positional variations of the hyoid bone in unoperated infants with cleft lip and palate (CL/P) with those in noncleft infants. DESIGN: Retrospective, cross sectional. PATIENTS AND METHODS: Three-dimensional computed tomography scans were obtained from 29 unoperated CL/P infants of Malay origin aged between 0 and 12 months and from 12 noncleft infants in the same age range. Observations were made and measurements were obtained with a software package developed at the Australian Craniofacial Unit. The sizes of the hyoid bones and the position of the hyoid body and epiglottis in relation to the cervical spine were measured. Anatomical anomalies of the hyoid and prevalence of aspiration pneumonia were also documented. RESULTS: The hyoid bones and epiglottis were found to be located more inferiorly in CL/P infants compared with the noncleft infants. Also, 17% (5/29) of the CL/P infants had nonossified hyoid bodies. CONCLUSION: The results suggest that there are differences in the location and genesis of the hyoid bone in infants with CL/P that warrant further investigation.; Zainul A. Rajion, Grant C. Townsend, David J. Netherway, Peter J. Anderson, Toby Hughes, Ibrahim L. Shuaib, Ahmad Sukari Halim...

‣ "Avaliação das dimensões faciais transversas por meio de radiografias cefalométricas em norma frontal nos portadores de fissura labiopalatina unilateral completa" ; Evaluation of transverse facial dimensions through frontal cephalometric radiographies in individuals with complete unilateral cleft lip and palate

Lopez, Margareth Torrecillas
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/03/2006 Português
Relevância na Pesquisa
131.24028%
Indivíduos com fissura labiopalatina apresentam características craniofaciais que os diferenciam da população em geral. A proposta desta pesquisa foi, por meio de radiografias cefalométricas póstero-anteriores, estudar as dimensões transversais totais da face e as assimetrias esqueléticas faciais horizontais em indivíduos portadores de fissura labiopalatina unilateral completa. Utilizou-se neste estudo 34 radiografias cefalométricas póstero-anteriores, de indivíduos com fissura labiopalatina unilateral completa, já submetidos às cirurgias primárias e sem tratamento ortodôntico prévio. A amostra foi composta de 14 do gênero feminino e 20 do masculino, divididos igualmente pela lateralidade da fissura, com média de idade de 9 anos e 8 meses. As mensurações transversais totais e as hemifaciais foram realizadas por meio da demarcação de 5 pares de pontos bilaterais, correspondendo às mensurações em largura facial superior (Lo-Lo’), bizigomática (ZZ’), nasal (Cn-Cn’), maxilar (J-J’) e mandibular (Ag-Ag’). Para a análise das dimensões transversais totais da face suas mensurações foram comparadas aos valores normativos existentes na literatura especializada. A assimetria facial foi verificada tomando-se o lado sem fissura como controle e comparado-o com o lado fissurado. Ambas as análises consideraram a lateralidade da fissura e o gênero...

‣ "Alterações dimensionais dos arcos dentários em fissura lábio-palatina" ; Dimensional changes in cleft lip and palate dental arches

Faraj, Juliana de Oliveira Romanelli Abi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/03/2006 Português
Relevância na Pesquisa
131.45739%
O intuito deste trabalho foi avaliar as alterações dimensionais das arcadas dentárias de crianças portadoras de fissuras labiopalatinas na fase de dentição decídua completa, comparando-as entre si com um grupo controle. As dimensões estudadas foram: distância intercaninos, distância intermolares, perímetro do arco e comprimento do arco, tanto na arcada superior quanto na inferior. Selecionou-se 64 (sessenta e quatro) crianças portadoras de fissuras de lábio e/ou palato, formando o Grupo de Estudo, e 20 (vinte) crianças sem deformidades, formando o Grupo Controle. O Grupo de Estudo foi distribuído em quatro tipos de fissura: Fissura Labiopalatina Unilateral, Fissura Labiopalatina Bilateral, Fissura de Lábio e Fissura de Palato. Após a obtenção de modelos em gesso, foram demarcados os pontos necessários para que as mensurações pudessem ser realizadas. Utilizou-se um paquímetro digital da marca Mytutoio para a determinação das medidas, que foram executadas duas vezes pelo mesmo operador em oportunidades diferentes, sendo registrada a média aritmética. Os resultados obtidos foram tabelados e submetidos à análise estatística, permitindo concluir que a arcada dentária maxilar de indivíduos fissurados apresentou maiores alterações dimensionais no sentido transversal...