Página 1 dos resultados de 504 itens digitais encontrados em 0.009 segundos

‣ Tabela de produção para o castanheiro em regime de alto fuste

Patrício, Maria do Sameiro; Tomé, Margarida; Monteiro, Maria do Loreto
Fonte: Sociedade Portuguesa de Ciências Florestais Publicador: Sociedade Portuguesa de Ciências Florestais
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Português
Relevância na Pesquisa
27.175034%
Aproveitando o potencial dos povoamentos de alto fuste adulto de castanheiro existentes em Trás-os-Montes e Entre Douro e Minho, elaborou-se um modelo de crescimento de povoamento do tipo tabela de produção. Esta tabela de produção para o castanheiro em regime de alto fuste tem carácter provisório na medida em que a função de produção em volume total do povoamento não pode ser determinada com exactidão devido ao desconhecimento do volume retirado dos povoamentos ao longo do tempo. Ensaiou-se um regime de desbastes a aplicar baseado nos modelos de condução teóricos para o castanheiro propostos por Bourgeois, Sevrin e Lemaire (2004) para a melhor classe de qualidade e uma equação de redução de densidade, baseada nas tabelas de produção inglesas do castanheiro (Everard e Christie, 1995), para as classes de qualidade média e inferior. Com esta tabela é possível obter estimativas, para além dos volumes total, principal e secundário, da biomassa produzida, total e por componentes, e dos elementos minerais nela contidos (N, P, K, Ca, Mg, S, B, e C).

‣ Tabela de produção para o castanheiro em regime de alto fuste

Patrício, Maria do Sameiro; Tomé, Margarida; Monteiro, Maria do Loreto
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança Publicador: Instituto Politécnico de Bragança
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Português
Relevância na Pesquisa
27.342344%
Em Portugal a área arborizada com castanheiro encontra-se em franca expansão quer para fruto quer para madeira, ocupando actualmente na globalidade mais de 50 000 ha. Em Trás-os-Montes, onde a espécie tem maior representação, a área ocupada pelo alto fuste ronda os 14 % do total nacional, constituídos essencialmente por povoamentos jovens [7141,12 ha dos quais 5985,89 são povoamentos puros (DVPF /DRATM, 2002) e já somente 4,7 ha de povoamentos adultos (Patrício, 2004)]. Assim, aproveitando o potencial dos povoamentos de alto fuste adulto existentes em Trás-os-Montes e Entre Douro e Minho elaborou-se um modelo de crescimento de povoamento do tipo tabela de produção. Esta tabela de produção para o castanheiro em regime de alto fuste tem carácter provisório na medida em que a função de produção em volume total do povoamento não pode ser determinada com exactidão devido ao desconhecimento do volume retirado dos povoamentos ao longo do tempo. Ensaia-se um regime de desbastes a aplicar baseado nos modelos de condução teóricos para o castanheiro propostos por Bourgeois, Sevrin e Lemaire (2004). Com esta tabela é possível obter estimativas da biomassa produzida, total e por componentes, e dos elementos minerais nela contidos (N...

‣ Tabela de produção para o castanheiro em regime de alto fuste

Patrício, Maria do Sameiro; Tomé, Margarida; Monteiro, Maria do Loreto
Fonte: Rui Silva, Fernando Páscoa Publicador: Rui Silva, Fernando Páscoa
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Português
Relevância na Pesquisa
27.342344%
Em Portugal a área arborizada com castanheiro encontra-se em franca expansão quer para fruto quer para madeira, ocupando actualmente na globalidade mais de 50 000 ha. Em Trás-os-Montes, onde a espécie tem maior representação, a área ocupada pelo alto fuste ronda os 14 % do total nacional, constituídos essencialmente por povoamentos jovens [7141,12 ha dos quais 5985,89 são povoamentos puros (DVPF /DRATM, 2002) e já somente 4,7 ha de povoamentos adultos (Patrício, 2004)]. Assim, aproveitando o potencial dos povoamentos de alto fuste adulto existentes em Trás-os-Montes e Entre Douro e Minho elaborou-se um modelo de crescimento de povoamento do tipo tabela de produção. Esta tabela de produção para o castanheiro em regime de alto fuste tem carácter provisório na medida em que a função de produção em volume total do povoamento não pode ser determinada com exactidão devido ao desconhecimento do volume retirado dos povoamentos ao longo do tempo. Ensaia-se um regime de desbastes a aplicar baseado nos modelos de condução teóricos para o castanheiro propostos por Bourgeois, Sevrin e Lemaire (2004). Com esta tabela é possível obter estimativas da biomassa produzida, total e por componentes, e dos elementos minerais nela contidos (N...

‣ Tabela de produção para o castanheiro em regime de alto fuste

Tomé, Margarida; Patrício, Maria Sameiro; Monteiro, Maria do Loreto
Fonte: SPCF Publicador: SPCF
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em /05/2005 Português
Relevância na Pesquisa
27.175034%
Congresso Florestal Nacional: A floresta e as gentes - Actas das Comunicações; Aproveitando o potencial dos povoamentos de alto fuste adulto de castanheiro existentes em Trás-os-Montes e Entre Douro e Minho, elaborou-se um modelo de crescimento de povoamento do tipo tabela de produção. Esta tabela de produção para o castanheiro em regime de alto fuste tem carácter provisório na medida em que a função de produção em volume total do povoamento não pode ser determinada com exactidão devido ao desconhecimento do volume retirado dos povoamentos ao longo do tempo. Ensaiou-se um regime de desbastes a aplicar baseado nos modelos de condução teóricos para o castanheiro propostos por Bourgeois, Sevrin e Lemaire (2004) para a melhor classe de qualidade e uma equação de redução de densidade, baseada nas tabelas de produção inglesas do castanheiro (Everard e Christie, 1995), para as classes de qualidade média e inferior. Com esta tabela é possível obter estimativas, para além dos volumes total, principal e secundário, da biomassa produzida, total e por componentes, e dos elementos minerais nela contidos (N, P, K, Ca, Mg, S, B, e C)

‣ Produção de fôlhas de diferentes variedades de amoreiras, durante o período de formação das mudas nos sistemas de cepo e fuste

Rúbia,António Castilho; Pettinelli,Armando; Abramides,Eduardo
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1966 Português
Relevância na Pesquisa
27.342344%
São apresentados resultados experimentais da produção de fôlhas em amoreiras de variedades comuns, durante o período de formação das mudas, com os sistemas denominados de cepo e fuste, em duas regiões, Limeira e Tatuí, do planalto paulista. Os resultados quanto à produção de fôlhas, em dois anos em cada região, permitiram as conclusões: Em Limeira, para a variedade Calabreza, o sistema de fuste foi muito superior ao de cepo. Para as variedades Fernão Dias e Lopes Lins, o sistema de fuste foi também superior, porém, de forma menos acentuada. Em Tatuí, no caso das variedades Calabreza e Fernão Dias, o sistema de cepo mostrou-se, ao contrário, mais produtivo. Para a variedade Lopes Lins, não houve diferença entre os dois sistemas de cultivo experimentados.

‣ Seleção de modelos polinomiais para representar o perfil e volume do fuste de Tectona grandis L.f.

Figueiredo,Evandro Orfanó; Scolforo,José Roberto Soares; Oliveira,Antônio Donizette de
Fonte: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia Publicador: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2006 Português
Relevância na Pesquisa
27.175034%
A precisão do volume de um povoamento florestal torna-se importante à medida que as empresas florestais integram verticalmente suas atividades e o resíduo da elaboração de um produto torna-se matéria-prima para outros. Os estudos realizados objetivaram avaliar a acurácia dos modelos polinomiais propostos por Schöepfer (1966), Hradetzky (1976) e Goulding & Murray (1976), na estimativa dos diâmetros e volumes ao longo do fuste de Tectona grandis L.f. de quatro povoamentos localizados na microrregião do Baixo Rio Acre e, ainda, testar a identidade do melhor modelo polinomial, avaliando-se a adequação de manter as áreas agrupadas ou segregá-las em grupos menores ou individualmente. A base de dados foi constituída de 159 árvores cubadas rigorosamente. Na avaliação da acurácia dos modelos foram empregadas estatísticas de desvio médio, desvio padrão das diferenças, soma dos quadrados dos resíduos relativos e resíduos percentuais. O modelo Goulding & Murray (1976) gerou as melhores estimativas de diâmetros e volumes ao longo do fuste, seguido pelos modelos Hradetzky (1976) e Schöepfer (1966). O teste de identidade de modelo mostrou ser mais adequado realizar ajustes independentes para as áreas 1 e 4 e para o subgrupo 2 e 3.

‣ Diferenças entre as dimensões das fibras nos anéis de crescimento determinados no D. A. P. e em níveis diferentes do fuste de árvores adultas de Eucaliptus saligna Smith

Santos,Clóvis F. O.; Nogueira,Izaias R.
Fonte: Universidade de São Paulo; Escola Superior de Agricultura Publicador: Universidade de São Paulo; Escola Superior de Agricultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1974 Português
Relevância na Pesquisa
27.342344%
Neste trabalho apresentamos os resultados dos estudos das diferenças entre as dimensões (comprimento, diâmetro e espessura) das fibras lenhosas nos anéis de crescimento (da periferia ao centro do fuste), determinadas ao nível do D. A. P. (distância a altura do peito) e em diferentes níveis (10%, 20% e 30% da altura do fuste) de árvores adultas de Eucalyptus saligna Smith, tendo como objetivo verificar se em nossas condições, as amostras tomadas apenas no D. A. P. representam o fuste da árvore.

‣ Modelos de afilamento para o sortimento do fuste de Pinus taeda L

Souza,Carlos Alberto Martinelli de; Chassot,Tatiane; Finger,César Augusto Guimarães; Schneider,Paulo Renato; Fleig,Frederico Dimas
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 Português
Relevância na Pesquisa
37.455684%
Este trabalho teve como objetivo avaliar diferentes modelos de afilamento do fuste de Pinus taeda para estimar variáveis de interesse ao longo do fuste. Foram avaliadas as funções propostas por Anony, Kozak, Munro, Silva & Sterba, Prodan e o Polinômio de 5° grau. O estudo teve como base dados de cubagem rigorosa de 68 árvores, provenientes de plantios com idade de 25 anos, pertencentes à empresa Florestal Gateados Ltda, localizada no município de Campo Belo do Sul, Santa Catarina (SC), Brasil. A partir das estatísticas coeficiente de determinação ajustado (R²aj), erro padrão das estimativas (Syx), desvio médio, média das diferenças (md) e desvio padrão das diferenças (dpd) foi selecionado o Polinômio do 5° grau para estimar as variáveis ao longo do fuste, como a altura comercial, o volume comercial, os diâmetros e os volumes das 1ª e 2ª toras. Em relação à altura comercial, a equação proveniente do modelo escolhido apresentou resultados sem tendências e com erros oscilando em intervalo pequeno. Em se tratando do volume comercial, pode ser observada certa tendência em subestimativas para as árvores com menores DAP e uma leve tendência para aquelas árvores com maior DAP. Em relação ao diâmetro e ao volume da 1a tora...

‣ Ponto de amostragem ao longo do fuste para estimativa do poder calorífico da madeira

Silva,Dimas Agostinho da; Caron,Braulio Otomar; Behling,Alexandre; Souza,Velci Queiróz de; Eloy,Elder
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2012 Português
Relevância na Pesquisa
27.175034%
Este trabalho teve como objetivo verificar a variação do poder calorífico superior (PCS) ao longo do fuste das espécies florestais Acacia mearnsii De Wild, Eucalyptus grandis W. Hill, Mimosa scabrella Benth. e Ateleia glazioveana Baill e também avaliar o número e as posições das amostras ao longo do fuste para a estimativa do PCS dessas espécies. Para tanto, foram retirados discos de aproximadamente dois centímetros de espessura, ao longo de 0 %, 25 %, 50 % e 75 % da altura total de árvores com um ano de idade para determinação do PCS em bomba calorimétrica (C5000, IKA WORKS). Para Eucalyptus grandis e Ateleia glazioveana, é possível estimar o PCS a partir de um disco, respectivamente, nas posições 50% e 0% da altura total, para Mimosa scabrella em dois discos, nas posições 0+75% e para Acacia mearnsii em três discos, nas posições 0+25+75% da altura total.

‣ Análises químicas e densidade básica da madeira de raiz, fuste e galho de barbatimão [(Stryphnodendron adstringens) Coville] de bioma cerrado

Goulart,Selma Lopes; Mori,Fábio Akira; Ribeiro,Alessandra de Oliveira; Couto,Allan Motta; Arantes,Marina Donária Chaves; Mendes,Lourival Marin
Fonte: UFLA - Universidade Federal de Lavras Publicador: UFLA - Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2012 Português
Relevância na Pesquisa
27.53754%
A região do cerrado tem se mostrado como importante provedora na crescente demanda por bens de consumo de origem vegetal, animal ou agroindustrial. No entanto, ainda são insuficientes os estudos relativos à vegetação desse bioma. Tal fato tem causado dificuldades na utilização dessas espécies, seja como opção de uso econômico, ou como forma de recomposição e recuperação de áreas devastadas. Em razão da carência de informações referentes às espécies do cerrado, este estudo foi realizado com o objetivo de coletar informações sobre a constituição química e a densidade básica da madeira de raiz, fuste e galho de Stryphnodendron adstringens (barbatimão). Para tanto, utilizaram-se materiais coletados na raiz e ao longo do fuste e galho de três espécimes de barbatimão. Verificaram-se tendências de incremento dos teores de holocelulose no sentido da raiz para o fuste e galho. O contrário aconteceu com o teor de lignina e extrativos. O teor de cinzas teve seu menor valor na posição referente ao fuste. As densidades básicas entre raiz, fuste e galho não se diferenciaram estatisticamente.

‣ Propriedades físicas da madeira de Araucaria angustifolia (Bert.) O. Kuntze em função da posição no fuste para diferentes idades

Hillig,Éverton; Machado,Gilmara de Oliveira; Holk,Diego Leonardo; Corradi,Giordano Marques
Fonte: UFLA - Universidade Federal de Lavras Publicador: UFLA - Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 Português
Relevância na Pesquisa
27.455684%
Conduziu-se este trabalho, com o objetivo de estudar as propriedades físicas da madeira de Araucária (Araucaria angustifolia). Determinaram-se a massa específica aparente e a estabilidade dimensional de árvores de diferentes idades e em diferentes posições ao longo do fuste. A análise dos dados foi realizada em função da idade e da altura no fuste da árvore, além de terem sido relacionadas entre si e com outras variáveis dendrométricas. Verificou-se que houve variação da massa específica entre as idades estudadas, mas não foi possível determinar um padrão de variação. Ocorre uma variação de massa específica ao longo do fuste, sendo que decresce com a altura para todas as idades. A madeira obtida da parte inferior do fuste foi mais instável dimensionalmente. São apresentadas equações lineares da soma das contrações radial e tangencial em função da massa específica aparente. As equações mostraram que mais de 40% da contração foi explicada pela variação da massa específica aparente.

‣ DINÂMICA DO ESTOQUE DE CARBONO EM FUSTE DE ÁRVORES DE UMA FLORESTA ESTACIONAL SEMIDECIDUAL

Figueiredo,Lívia Thais Moreira de; Soares,Carlos Pedro Boechat; Sousa,Agostinho Lopes de; Leite,Hélio Garcia; Silva,Gilson Fernandes da
Fonte: UFLA - Universidade Federal de Lavras Publicador: UFLA - Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2015 Português
Relevância na Pesquisa
27.175034%
Objetivou-se, neste trabalho, avaliar a dinâmica do estoque de carbono no fuste das árvores de uma Floresta Estacional Semidecidual, por meio do monitoramento de 10 parcelas permanentes instaladas na Mata da Silvicultura, Viçosa, Minas Gerais. Foram identificados e medidos todos os indivíduos com DAP ≥ 5 cm, nos anos de 1994, 1997, 2000, 2004 e 2008. O estoque médio de carbono no fuste das árvores aumentou de 47,9 ton.ha-1, no ano de 1994, para 61,81 ton.ha-1, no ano de 2008, representando, para os 14 anos de monitoramento, um incremento periódico de 0,994 ton.ha-1.ano-1.

‣ Seccionamento do fuste de Pinus taeda L. para obtenção do volume de madeira serrada, atraves da função de forma polinomial

Borges, João Fernando
Fonte: [s.n.] Publicador: [s.n.]
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
27.342344%
O presente trabalho foi desenvolvido em um povoamento de Pinus taeda L. , localizado no município de Guarapuava, Estado do Paraná, com o objetivo principal de se desenvolver uma metodologia para estimar o volume de toras para serraria e de madeira serrada, com base em funções de forma. Utilizaram-se para este trabalho, 237 arvores de Pinus taeda L. com idades variando de 07 a 14 anos. Em vez de se definir uma única função de forma, visando aumentar a precisão nas estimativas do diâmetro ao longo do fuste e no cálculo por integração do volume individual, os dados foram agrupados em classes de fator de forma natural. Para cada classe, foi construída uma função de forma-padrão relativa. O modelo de função de forma foi urna função polinomial de quinto grau, onde a vari5vei independente é a altura relativa e a dependente, o diâmetro relativo. A função de forma absoluta pode ser obtida conhecidos a altura total e o diâmetro sem casca a um décimo da altura. Visando facilitar a determinação do diâmetro sem casca a um décimo da altura e ainda do fator de forma natural, foram apresentados modeles de regressão linear simples e múltipla, onde as variáveis independentes podem ser facilmente obtidas. O uso dessas equações é restrito aos povoamentos de Pinus taeda L. em condições ecológicas...

‣ Avalia??o do m?todo de similaridade dos perfis e de redes neurais artificiais na estima??o do volume de ?rvores; Evaluation of profiles similarity method and artificial neural networks in the estimation of the volume of trees

Murta J?nior, Leonidas Soares
Fonte: UFVJM Publicador: UFVJM
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
27.175034%
ABSTRACT The objective of this work was to test procedures to determine the volume of individual trees, consisting of alternative methods to process of scaling. In the Chapter 1, was tested the profiles similarity method combined with different measures of similarity, taper models, parameter estimation methods representative of groups without equation and different generation methods of volumetric equations. The data used were 3.620 felled and cubed trees, divided in 62 groups. The variables measured were DBH, total height, and diameters along the stem in positions 0.00; 0.50; 1.00; 1.50 e 2.00 meters, and to this, the sections were measured from 2.0 to 2.0 meters, up to the total height. The volumetric model of Schumacher and Hall was adjusted by group. Taper models used were Kozak model, Garcia model, Ormerod model and The Fiftieth Degree Polynomial. The distances tested were Euclidean Distance, Mean Euclidean Distance, Weighted Euclidean Distance, and Quadratic Euclidean Distance. Two parameter estimation methods from to taper models were tested (3 trees; and the parameters of the tree nearest to the mean diameter) and three generation methods of volumetric equations (equation similar group, equation of 30 most similar trees and equation generated from the number of trees respect to 5 trees per diameter class for group without defined equation)...

‣ Propriedades físicas da madeira de Araucaria angustifolia (Bert.) O. Kuntze em função da posição no fuste para diferentes idades; Physical properties of wood from Araucaria angustifolia (Bert.) O. Kuntze as a function of position in the stem at different ages

Fonte: UFLA - Universidade Federal de Lavras Publicador: UFLA - Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Português
Relevância na Pesquisa
27.455684%
The objective of this work was to study the physical properties of wood from Araucaria (Araucaria angustifolia). Parameters included apparent density and dimensional stability of trees at different ages and at different positions along the stem. Data were analyzed as a function of age and height along the tree stem, and then correlated with each other and with other dendrometric variables. A variation was observed in the apparent density between ages, yet it was not possible to determine a variation pattern. A variation was found in the apparent density along the stem, decreasing with increasing heights for all ages. Wood obtained from the lower portion of the stem was more unstable dimensionally. Linear equations are provided of the sum of radial and tangential shrinkage as a function of the apparent density. Equations reveal that more than 40% of the shrinkage was explained by the variation in apparent density.; Conduziu-se este trabalho, com o objetivo de estudar as propriedades físicas da madeira de Araucária (Araucaria angustifolia). Determinaram-se a massa específica aparente e a estabilidade dimensional de árvores de diferentes idades e em diferentes posições ao longo do fuste. A análise dos dados foi realizada em função da idade e da altura no fuste da árvore...

‣ Análises químicas e densidade básica da madeira de raiz, fuste e galho de barbatimão [(Stryphnodendron adstringens) Coville] de bioma cerrado; Chemical analyses and basic wood density in the root, stem and branch portions of barbatimão [(Stryphnodendron adstringens) Coville] from the cerrado biome

Goulart, Selma Lopes; Mori, Fábio Akira; Ribeiro, Alessandra de Oliveira; Couto, Allan Motta; Arantes, Marina Donária Chaves; Mendes, Lourival Marin
Fonte: UFLA - Universidade Federal de Lavras Publicador: UFLA - Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 30/04/2015 Português
Relevância na Pesquisa
27.53754%
The Cerrado region has been a major provider to meet the growing demand of vegetal, animal or agribusiness consumer goods. However, studies on the vegetation of this biome are still incipient and that has been preventing use of Cerrado species, whether for economic purposes or as a way of restoring and recovering devastated areas. Due to lack of information concerning species of the Cerrado biome, this study was conducted in an attempt to gather information about the chemical constitution and basic wood density of the root, stem and branch portions of Stryphnodendron adstringens, also known as 'barbatimão'. To that end, material was collected from the root and along stem and branch portions of three specimens of barbatimão. An increasing tendency was observed in holocellulose contents in the root-to-stem and root-to-branch direction. The opposite occurred with lignin and extractive contents. The lowest ash content was found in the stem portion. Values of basic density did not differ statistically between the root, stem and branch portions.; A região do cerrado tem se mostrado como importante provedora na crescente demanda por bens de consumo de origem vegetal, animal ou agroindustrial. No entanto, ainda são insuficientes os estudos relativos à vegetação desse bioma. Tal fato tem causado dificuldades na utilização dessas espécies...

‣ Diferenças entre as dimensões das fibras nos anéis de crescimento determinados no D. A. P. e em níveis diferentes do fuste de árvores adultas de Eucaliptus saligna Smith; Variation of fiber dimentions in growth rings, taken at breast height and at three aditional level of trunk height

Santos, Clóvis F. O.; Nogueira, Izaias R.
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Publicador: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/1974 Português
Relevância na Pesquisa
27.342344%
Neste trabalho apresentamos os resultados dos estudos das diferenças entre as dimensões (comprimento, diâmetro e espessura) das fibras lenhosas nos anéis de crescimento (da periferia ao centro do fuste), determinadas ao nível do D. A. P. (distância a altura do peito) e em diferentes níveis (10%, 20% e 30% da altura do fuste) de árvores adultas de Eucalyptus saligna Smith, tendo como objetivo verificar se em nossas condições, as amostras tomadas apenas no D. A. P. representam o fuste da árvore.; This paper deals with the variation of fiber dimentions in growth rings taken at the breast height (B.H.) and at three aditional level of trunk height (10%, 20% and 30% of total height) of two plants of Eucalyptus saligna Smith. Statistical analyses of variance for fiber length, fiber diameter and fiber thikness in diferent growth rings at B.H., 10%, 20% and 30% of trunk height is prsented. Analysis of variance allowed the following conclusion: 1° - Significant diferences were observed for fiber dimentions mean, taken at B.H. and those taken at the levels of 10%, 20% and 30% of trink height; 2° - In any growth rings along the trunk, the fiber length means increased consistently from B.H. to the levels of 10%, 20% and 30% of trink height...

‣ Estudio comparativo de la composición química de la corteza de tres especies de eucaliptos a tres alturas del fuste comercial

Orea-Igarza,U.; Cordero Machado,E.; Gomez Marin,R.
Fonte: Quebracho (Santiago del Estero) Publicador: Quebracho (Santiago del Estero)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2006 Português
Relevância na Pesquisa
37.342344%
Se estudió comparativamente, la composición química de la corteza de E. saligna Smith, Corymbia citriodora y E. pellita F. Muell a tres alturas del fuste comercial (25%; 55%; 85%) en muestras procedentes de la Empresas Forestales Integrales (EFI) de Macurije y Guanahacabibes en la provincia de Pinar del Río, Cuba. Los resultados obtenidos de la composición química, se procesaron mediante el programa estadístico SPSS para Windows, donde no todas las variables analizadas mostraron influencias estadísticas en la caracterización química de la corteza de estas especies. Los resultados manifiestan una mejor agrupación con especto a la especie que a la altura del fuste comercial entre las especies, mostrando la gran variabilidad de la composición química de la corteza entre estas especies. La corteza de E. saligna Smith presenta los mayores contenidos de sustancias solubles en agua a 95ºC, etanol al 95%, holocelulosas, sustancias solubles en NaOH al 1% y en haxano, seguido del Corymbia citriodora y el E. Pellita F. Muell, siendo la especie más atractiva desde el punto de vista químico para ser utilizada en la Industria como fuente de taninos.

‣ Estimación del diámetro, altura y volumen a partir del tocón para especies forestales de Durango

Quiñónez Barraza,Gerónimo; Cruz Cobos,Francisco; Vargas Larreta,Benedicto; Hernández,Francisco Javier
Fonte: Instituto Nacional de Investigaciones Forestales, Agrícolas y Pecuarias Publicador: Instituto Nacional de Investigaciones Forestales, Agrícolas y Pecuarias
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2012 Português
Relevância na Pesquisa
27.342344%
Cuando una masa forestal ha sido aprovechada mediante un programa de manejo y solo se tiene como evidencia las dimensiones de los tocones, es posible estimar a través de relaciones alométricas el diámetro y la altura, así como el volumen de los árboles en pie. En el presente trabajo se describe un experimento en el que se ajustaron 12 modelos matemáticos para predecir el diámetro normal, la altura total y el volumen del fuste, a partir del diámetro del tocón para Pinus arizonica , P. ayacahuite , P. durangensis , P. leiophylla , P. teocote y Quercus sideroxila en el ejido San Diego de Tezains, municipio Santiago Papasquiaro, Durango, que se ubica en la región noroeste del estado, en la Sierra Madre Occidental. Para ello, se utilizó una muestra de 267 árboles derribados y se emplearon modelos lineales y no lineales. El ajuste de los modelos indica que existe una tendencia lineal entre las variables diámetro normal y altura total, en función del diámetro del tocón; mientras que para el volumen del fuste, la relación es logarítmica. Así mismo, se observó que existe similitud entre especies, con respecto a las relaciones de las variables estudiadas. Las ecuaciones obtenidas pueden aplicarse en la reconstrucción de escenarios después de una intervención silvícola o la ocurrencia de fenómenos naturales catastróficos.

‣ Predicción de volúmenes de fuste total para plantaciones de Pinus greggii Engelm.

Muñoz Flores,H. Jesús; Velarde Ramírez,Juan Cosme; García Magaña,J. Jesús; Sáenz Reyes,J. Trinidad; Olvera Delgadillo,Edgar Hugo; Hernández Ramos,Jonathan
Fonte: Instituto Nacional de Investigaciones Forestales, Agrícolas y Pecuarias Publicador: Instituto Nacional de Investigaciones Forestales, Agrícolas y Pecuarias
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 Português
Relevância na Pesquisa
27.342344%
En la región del Valle del Mezquital, Hidalgo, México, se inició la restauración de áreas forestales por medio de la reforestación con los géneros Pinus spp., Cupressus sp., Casuarina sp. y Eucalyptus sp. en la década de los años ochenta. Después de 25 años se lograron buenos resultados con P. greggii. Se ajustaron modelos para predecir el volumen total de fuste en individuos de esta especie procedentes de plantaciones establecidas en el ejido Fontezuelas, municipio Meztitlán, Hidalgo,. A partir de datos de análisis troncales, se procesó una muestra de 87 árboles en el intervalo de categorías diamétricas de 10 a 35 cm. Los modelos utilizados para el ajuste fueron Schumacher, Variable Combinada Logarítmica, Variable Combinada Aritmética y Meyer. De acuerdo con las pruebas estadísticas, gráficas y analíticas aplicadas, los cuatro modelos mostraron ser estadísticamente útiles para estimar el volumen en pie. Los más aptos por su ajuste y parsimonia fueron el de la Variable Combinada Logarítmica y el de Schumacher. Con base en las ecuaciones obtenidas mediante estos dos modelos se elaboraron sus respectivas tablas de doble entrada, que representan el volumen de fuste total sin corteza, expresado en m³, para plantaciones forestales de P. greggii con árboles de diferentes edades y un intervalo de valores del diámetro normal (DN) de 5 a 55 cm...