Página 1 dos resultados de 184 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

‣ A gestão por processos como fator diferencial na usabilidade de recursos tecnológicos dentro dos empreendimentos virtuais

Pinheiro, Carlos Antônio Silva
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
38.301392%
O presente estudo propõe-se a discutir a questão da utilização da gestão por processos para o melhor tratamento da usabilidade de tecnologia dentro das organizações. Normalmente as organizações utilizam o que chamamos de gestão funcional e esse tipo de administração apresenta uma série de situações divergentes da gestão por processos, as quais serão mostradas e analisadas. Será também retratado o papel do gestor no desempenho desta função e as vantagens do trabalho em equipe. A seguir serão abordadas considerações sobre tecnologia, cujo objetivo é o entendimento necessário às condições que serão contempladas no cruzamento de ideias com a gestão por processos. O trabalho trará ainda considerações teóricas sobre organizações virtuais e empreendedorismo para que se possa melhor conhecer o cenário onde o alinhamento final das ideias desse estudo será abordado, envolvendo gestão por processos, tecnologia e empreendimentos virtuais. O trabalho mostrará uma pesquisa baseada na observação pessoal e na aplicação de entrevista junto a duas empresas de sucesso que atuam no mercado de empreendimentos virtuais no Estado do Pará. O objetivo desta prática é identificar a utilização e aplicabilidade dos princípios de uma adequada gestão tecnológica discutida e sugerida por esse estudo...

‣ Proposta de um ambiente cooperativo suportado por computador para participação de pequenas e médias empresas em organizações virtuais. ; Proposal of a co-operative environment supported by computer for the participation of small and medium enterprises in virtual organisations.

Mundim, Ana Paula Freitas
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/06/1999 Português
Relevância na Pesquisa
68.21115%
Diversos fatores levam ao crescimento do número de cooperações entre empresas. Dentre estes podem ser destacados: o rápido desenvolvimento de novas tecnologias de informação e a tendência das empresas concentrarem-se em suas competências essenciais, procurando tornarem-se ágeis para sobreviverem no competitivo mercado atual. Neste cenário, Empresas Virtuais (EVs) constituem uma apropriada alternativa e vantagem competitiva para Pequenas e Médias Empresas (PMEs). EVs podem ser formadas dentro de Organizações Virtuais (OVs), que são redes de potenciais parceiros (empresas). Entretanto, através de uma utilização sistemática de modernas tecnologias de informação, as EVs se tornam mais viáveis economicamente, devido a uma significativa redução nos custos de transação. Diante desta alternativa, propõe-se um ambiente cooperativo suportado por computador que possibilite e otimize a participação de PMEs em OVs. Como ambiente entende-se aqui as soluções técnicas de suporte computacional (ou infra-estrutura de informação), que devem apoiar a participação de PMEs nos processos de trabalho cooperativo do ambiente distribuído de uma OV. As questões humanas e organizacionais que as PMEs devem atender para participarem em OVs são...

‣ Ambientes e organizações virtuais: cultura de segurança e regulação entre o desenvolvimento de programas computacionais e estruturas e processos organizacionais.; Virtual environments and organizations: safety and security culture and regulation between software development and organizational structures and processes.

Ivanoff, Gregorio Bittar
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/08/2006 Português
Relevância na Pesquisa
47.861484%
Estruturas e processos de desenvolvimento de programas computacionais e estruturas e processos organizacionais que incluem os programas, quando considerados separadamente, resultam em estudos de segurança de programas computacionais que, em geral, levam em conta apenas ambientes e organizações tradicionais. Ambientes e organizações virtuais podem ser utilizados para representar a regulação entre diferentes estruturas e processos, resultando em melhores interpretações sobre o desenvolvimento da segurança de programas computacionais. Esta atividade de pesquisa explora temas de conteúdo, práticas e artefatos como componentes da cultura de segurança em uma organização virtual de pequeno porte voltada para a inovação. Os temas de conteúdo propostos para a organização virtual específica são: adaptabilidade, dependabilidade, compatibilidade, credibilidade, confiança e mobilidade. As práticas e artefatos identificados envolvem, entre outros, a comunicação entre projetistas, desenvolvedores e usuários, a coordenação colaborativa de atividades, a gestão de dependências e o manejo de mudanças e da adaptação. A atividade de pesquisa foi baseada na metodologia Grounded Theory ou Teoria Fundamentada em Dados e identifica como desafios: a falta de adaptação dos programas computacionais a novas circunstâncias do ambiente...

‣ Os efeitos da participação em comunidades virtuais de marca no comportamento do consumidor: um estudo comparativo entre comunidades gerenciadas pelas organizações e pelos consumidores; The effects of participating in virtual brand communities on consumer behavior: a comparative study of firm-managed and customer-managed communities

Almeida, Stefânia Ordovás de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/06/2009 Português
Relevância na Pesquisa
38.301392%
O surgimento de comunidades virtuais de marca como avenidas estabelecidas para as ações de marketing de uma ampla gama de produtos e serviços é um tema atual e relevante; entretanto, os estudos recentes ainda não responderam a uma importante questão: é melhor para as organizações criar suas comunidades de marca ou deixá-las fluir por parte da iniciativa dos consumidores? Buscando lançar luz sobre esse ponto, este trabalho propõe um framework teórico para avaliar e comparar a participação do consumidor nos diferentes tipos de comunidades de marca virtuais, gerenciadas pela empresa ou pelo consumidor. Levando em consideração seus antecedentes-chave (homogeneidade demográfica e psicográfica percebidas, liberdade de expressão e disponibilidade de avenidas virtuais) e o impacto destes em comportamentos futuros por parte do consumidor. Para tanto, foram utilizados procedimentos qualitativos, para desenvolvimento do framework teórico e indicadores de mensuração, e a técnica de modelagem de equações estruturais para teste e validação dos modelos de mensuração e estrutural. Como objeto de estudo, foram utilizadas duas comunidades distintas para o mesmo produto a plataforma de jogos XBOX da Microsoft. Uma gerenciada pela própria empresa (XBOX Brasil) e outra gerenciada pelos consumidores (Portal XBOX). Os resultados apontam para um impacto direto dos constructos antecedenteschave testados no modelo estrutural sobre as variáveis mediadoras e destas na variável consequente. O efeito moderador da comunidade de origem também é confirmado através da análise multigrupos...

‣ Modelo de referência para operacionalização de ambientes para a criação de organizações virtuais; Reference model for operational environments for creating virtual organizations

Gasparotto, Angelita Moutin Segoria
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/09/2013 Português
Relevância na Pesquisa
68.747065%
As transformações na sociedade contemporânea mundial levam as empresas a diminuírem seus ciclos de projeto-desenvolvimento-produto, com o objetivo de se manterem flexíveis, dinâmicas e, por conseguinte, competitivas no mercado. Nesse novo cenário surgem as redes, que são alianças constituídas por entidades geograficamente distribuídas e heterogêneas, e que por meio do trabalho colaborativo, compartilham recursos, riscos e competências, visando o alcance de metas comuns. Entre as diversas manifestações de redes colaborativas presentes na literatura, a rede denominada Ambiente de Criação de Organizações Virtuais (Virtual Breeding Environment - VBE) tem um destaque no cenário econômico mundial, uma vez que ela pode propiciar a criação de organizações virtuais. O objetivo desta pesquisa é propor um modelo de referência para operacionalização de ambientes para a criação de organizações virtuais, sob o recorte analítico de redes colaborativas. O método de pesquisa empregado foi o de estudo de múltiplos casos, por meio da análise de oito VBEs. A metodologia que deu suporte à criação do modelo de referência denomina-se EKD (Enterprise Knowledge Development), a qual possui os modelos de objetivos, de conceitos...

‣ Comunidades virtuais e as organizações : um estudo sobre a utilização deste novo ambiente

Ferreira, Carlos Eduardo Coelho
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
38.564072%
Desde o final do século XX coexistem os mundos real e virtual. Não se deve entender o virtual como o oposto ao real, algo que não existe, mas sim como algo que é equivalente a outro. O virtual é uma simulação da realidade, não sua negação. As organizações procuram se adaptar a esta nova realidade da coexistência de dois mundos e adotam novas tecnologias que as permitam replicar no mundo virtual as atividades que desenvolvem no mundo real. Esta dissertação faz uma revisão dos vários aspectos que colaboram para a construção do conceito de comunidade virtual, apresentando entre outros a comunidade de prática, o ambiente virtual, o metaverso, a organização virtual, o real e o virtual. Não pretende esgotar o tema, o que seria impossível, mas apresentá-lo sob uma abordagem acadêmico-científica. O objetivo geral desta pesquisa foi o de identificar os fatores de atração das organizações para as comunidades virtuais e identificar as principais estratégias utilizadas pelas organizações em sua interação no ambiente virtual. A pesquisa identificou as principais características e funcionalidades que atraem as organizações para o mundo virtual. Para a garantia do rigor, a metodologia empregada foi a pesquisa qualitativa por estudo de caso descritivo. Foi detectado um elevado número de corporações do mundo real com iniciativas no metaverso...

‣ Relacionamento nas redes sociais virtuais : análise da inserção do mercado de seguros no twitter :

Petró, Laura Anton
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
38.251653%
As redes sociais virtuais são grupos de pessoas e organizações integrados a partir das ferramentas da internet. Nesse ambiente, o público conquistou a possibilidade de interferir na comunicação como emissor de informações e conteúdo, gerando uma mudança de paradigmas com relação à comunicação unidirecional exercida anteriormente pelos meios de comunicação e organizações. O presente trabalho analisa as características da comunicação gerada nas redes sociais da internet, com o objetivo de verificar quais as mudanças ocorridas no relacionamento das organizações com seus públicos. Para tanto, foram utilizadas como objeto de estudo as empresas do mercado de seguros do Brasil que utilizam essas redes para realização de estratégias de comunicação, a fim de verificar seu comportamento no site de redes sociais Twitter. A análise da inserção das seguradoras no ciberespaço foi realizada por meio da netnografia como metodologia de pesquisa. Constatamos que muitas organizações ainda estão transmitindo informações de forma unidirecional em ferramentas interativas, não permitindo a participação dos públicos. O relacionamento foi apresentado como o melhor meio para comunicação com os consumidores nas redes sociais virtuais.

‣ As organizações virtuais e o teletrabalho na era das grandes redes de computadores

Rabelo, Air
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: ii, 85 f.| il., tabs., grafs.
Português
Relevância na Pesquisa
68.21115%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção.; O objetivo desta pesquisa é analisar os novos conceitos de empresas representadas pelas Organizações Virtuais e do trabalho realizado a distancia denominado Teletrabalho, surgidos com os avanços tecnológicos da era da informação. Reunir relatos de vários autores sobre estes assuntos e indicar as vantagens e desvantagens relacionadas a estas mudanças. Serão também analisados aspectos de segurança ligados a estes temas. Realizar uma pesquisa sobre empresas que atuam no comércio eletrônico no setor de supermercados virtuais e apontar os seus pontos negativos e positivos.

‣ Metodologia para busca e sugestão de gestores de organizações virtuais baseada em competências individuais

Klen, Edmilson Rampazzo
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 216 f.| il., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
68.181504%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção.; A evolução da globalização impõe às empresas, como uma de suas conseqüências, uma nova maneira de se fazer e conduzir negócios. Com isso, os conceitos gerenciais organizacionais arraigados nas empresas vêm sofrendo transformações e adequações ao longo desses últimos anos a fim de melhor atender às oportunidades de negócios apresentadas pelo mercado. Em resposta a essa evolução, surge a necessidade de aprofundar o conhecimento em áreas relacionadas às redes colaborativas, uma nova disciplina que aparece para acomodar as diversas iniciativas e manifestações focadas em parcerias, colaboração e tecnologias de informação e comunicação # conceitos essenciais para a aplicação dos modelos de negócios de um mundo empresarial sem fronteiras. As Redes Colaborativas (RCs) introduzem necessidades novas dos pontos de vista tecnológico, humano e organizacional, em termos de modelos, metodologias, métodos e técnicas de trabalho como também no que se refere aos recursos # principalmente humanos # envolvidos. Este trabalho analisa a preparação, a busca e a sugestão de profissionais competentes para atuar num ambiente regido por este novo modelo de negócios...

‣ Método de seleção de parceiros logísticos baseado em indicadores de desempenho para organizações virtuais

Alves Junior, Omir Correia
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 328 p.| il., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
57.90967%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Automação e Sistemas; Com o crescimento do mercado de consumo e a criação de novos produtos tem levado a um aumento na demanda pela contratação de provedores de serviços logísticos especializados. Quando os provedores logísticos trabalham dentro de um ambiente de redes estratégicas muito voláteis, como é o caso das organizações virtuais (OV), cresce sensivelmente o grau de dificuldade para selecionar os provedores mais apropriados para cada oportunidade de negócio que surge. Quando a produção dos vários membros de uma OV envolve a distribuição física de produtos e subprodutos, o processo de criação da OV demanda a seleção tanto de parceiros ditos industriais (responsáveis pela manufatura em si) como de parceiros ditos logísticos (responsáveis pela movimentação, armazenamento intermediário e transporte dos produtos). Porém, diferentemente das redes menos voláteis, como as cadeias de suprimentos tradicionais, os parceiros logísticos que irão compor a OV não são fixos, já que a seleção depende do tipo do negócio, do cliente e seus desejos/exigências, das legislações e regulamentações que regem o país ou a região tanto do cliente como das indústrias/empresas...

‣ Uma proposta de um sistema de imagem única para uso de computação em grade em organizações virtuais

Pinheiro, Fábio José Rodrigues
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xviii, 131 f.| il.
Português
Relevância na Pesquisa
68.251655%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica; A crescente necessidade de grandes e constantes investimentos para se atualizar os recursos computacionais tem se tornado um fator complicador dentro das organizações. Os atuais sistemas empresariais estão cada vez mais complexos e demandado por mais poder de processamento. Isso torna-se mais crítico se considerarmos que o mercado atual é composto, quase que na sua totalidade, de micro, pequenas e médias empresas, que cada vez mais dependem de tecnologia de informação para se manterem competitivas. No entanto, dentro de uma empresa, um recurso computacional é ocupado apenas por uma pequena parte do seu tempo, levando a possibilidade de serem utilizados em outras situações durante o tempo em que estiver ocioso. O paradigma empresarial de Organizações Virtuais (OV) permite que organizações / empresas colaborem em busca de um objetivo em comum, compartilhando temporária e dinamicamente habilidades, informações e recursos, através de redes de computadores. Neste trabalho buscou-se melhor explorar o compartilhamento de recursos entre os parceiros de OVs, permitindo que esses façam uso dos recursos de forma racional e transparente...

‣ Organizações virtuais : a necessidade de um novo administrador

Lemos, Flávio Pikana
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
48.76895%
Dissertação (mestrado)-Universidade de Brasília, Faculdade de Estudos Sociais Aplicados, Departamento de Administração, 1999; Aprofunda e integra, em abordagem sistêmica, os estudos sobre virtualidade, organizações virtuais e suas decorrências, conceituando, exemplificando e estudando influências da tecnologia e suas possibilidades. Propõe modelo topológico de análise das organizações virtuais, que pode levar à melhor compreensão destas organizações no contexto das teorias administrativas e de organizações. Enfatiza a dimensão humana e o comportamento humano nas organizações, com ênfase nas organizações virtuais, abordando o teletrabalho e algumas decorrências. Trata de aspectos do ensino superior com foco na formação de administradores, propondo características a desenvolver nos profissionais em formação, tornando-os aptos a gerir as organizações tradicionais e as virtuais. Quanto à pesquisa, trata do ser humano em três frentes de seu comportamento: inicia-se por pesquisa via grupo de discussão, na Internet, junto ao MIT, abordando aspectos da implantação de organizações virtuais; a segunda levanta tendências quanto ao sentido e ao significado da virtual idade nas organizações para as teorias administrativa e organizacional...

‣ Um sistema de resolução de conflitos online para organizações virtuais

Lemos, Flávio Miguel Alves
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 19/12/2011 Português
Relevância na Pesquisa
47.693203%
Dissertação de mestrado em Engenharia Informática; Os conflitos são cada vez mais frequentes no atual contexto socioeconómico inundando cada vez mais os tribunais com novos processos. Técnicas como a negociação, mediação ou arbitragem são alternativas aos tribunais para resolve-los. Com o crescente desenvolvimento das Tecnologias de Informação e de Comunicação têm surgido novas dinâmicas de negócio, como é o caso do Comércio Eletrónico e das Organizações Virtuais, onde as atividades de negócio ocorrem agora num ambiente virtual. Como consequência disso, os conflitos podem agora também ocorrer online levantando novos desafios na forma de como estes devem ser resolvidos. O trabalho desenvolvido ao longo deste documento analisa os possíveis conflitos que podem surgir no contexto de uma Organização Virtual e o impacto que estes podem ter na agilidade e flexibilidade de operação das mesmas. Mediante isto, foi desenvolvido um Sistema Multi-Agente que fornece serviços para auxiliar na deteção e na resolução de conflitos online, que possam surgir na fase de operação de uma Organização Virtual.; Conflicts are increasingly more frequent in the current socio-economic context, flooding the courts with processes. Techniques such as negotiation...

‣ Gestão da informação em organizações virtuais: uma nova questão para a coordenação interorganizacional no setor público

Silveira,Henrique
Fonte: IBICT Publicador: IBICT
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2005 Português
Relevância na Pesquisa
48.077944%
O artigo destaca a importância da reflexão sobre as implicações e possibilidades que os conceitos relativos a organizações virtuais podem trazer para a coordenação interorganizacional no âmbito do planejamento governamental, de forma a contribuir para incrementar a efetividade da ação de governo, por meio de um ambiente informacional cooperativo. Aspectos como gestão cooperativa da informação, cultura organizacional, poder e controle, fronteiras e estruturas organizacionais e confiança deverão ser observados no contexto do planejamento governamental, caso se pretenda evoluir na aplicação do conceito de organizações virtuais ao setor público.

‣ O papel das organizações industriais virtuais em mercados emergentes: o caso do Mercosul

Steil,Andrea V; Pacheco,Roberto C. S; Barcia,Ricardo M
Fonte: Associação Brasileira de Engenharia de Produção Publicador: Associação Brasileira de Engenharia de Produção
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/1998 Português
Relevância na Pesquisa
38.435527%
Este artigo analisa o impacto da globalização nas organizações industriais do Mercosul. O artigo enfatiza que o Mercosul tem o poder de estimular o desenvolvimento de organizações industriais virtuais entre as organizações do Mercosul. Uma vez que a dependência de links eletrônicos para completar o processo de produção é a condição estrutural mais importante das organizações industriais virtuais, este artigo também apresenta a atual infra-estrutura tecnológica da industria média da região. Especificamente, o artigo apresenta o estágio de integração de aplicações da tecnologia da informação nas indústrias do Mercosul e seus níveis de interoperabilidade.

‣ Organizações no espaço cibernético: estudo comparativo Altavista e Amazon Books

Cano,Carlos Baldessarini; Becker,João Luiz; Freitas,Henrique Mello Rodrigues de
Fonte: Fundação Getulio Vargas/Escola de Administração de Empresas de São Paulo Publicador: Fundação Getulio Vargas/Escola de Administração de Empresas de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2002 Português
Relevância na Pesquisa
58.03519%
As organizações passam por mudanças revolucionárias ao incorporar potencialidades surgidas com a convergência tecnológica das indústrias de computação, telecomunicações e realidade virtual. A chamada organização virtual (OV) tem explorado, ao máximo, estas potencialidades, usando, em sua estruturação e operação, inovações tecnológicas que se traduzem, na prática, em características sui generis. Busca-se aqui a verificação da existência destas características peculiares, em organizações virtuais destaques no cenário empresarial. Dois casos são analisados: o serviço de buscas automáticas AltaVista e a livraria virtual Amazon Books. Para tal, elaborou-se um protocolo de análise englobando seis categorias analíticas: processos virtualizados, instalações físicas, atendimento ao cliente, fractalidade, confiança e aprendizado organizacional. Os dados foram coletados por observação direta nos "sites" das organizações, consultas específicas via correspondência, bancos de informações, literatura especializada e mídia em geral. Os resultados do estudo indicam claramente que as características investigadas estão presentes, formando a base operacional das empresas estudadas. O protocolo usado no estudo demonstrou o seu valor para analisar este novo tipo de organização.

‣ Organizações virtuais

Toledo,Luciano Augusto; Loures,Carlos Augusto
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2006 Português
Relevância na Pesquisa
47.861484%
A vantagem competitiva das organizações passa cada vez mais pelo desenvolvimento de novas estruturas organizacionais, notadamente pelo estabelecimento de redes de cooperação com todas as entidades intervenientes na cadeia de fornecimento e novas metodologias de gestão e planejamento, apoiadas fortemente por tecnologias de informação e de comunicação. Este trabalho tem como principal finalidade apresentar o conceito de organização virtual. O trabalho apresenta-se sob a forma de ensaio e é complementado por um estudo do arcabouço teórico que tece as bases do surgimento das organizações virtuais e discute suas implicações para a Administração.

‣ Arcabouço para seleção de indicadores de desempenho para a busca e seleção de parceiros para organizações virtuais

Baldo, Fabiano
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 1 v.| il., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
68.370605%
Tese(doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica.; No mundo competitivo em que as organizações estão inseridas atualmente, não há tempo para postergar idéias e oportunidades pela falta de suporte a rápida formação de grupos de organizações que possam trabalhar colaborativamente. Assuntos relacionados a este tema vêm sendo tratados pela área de pesquisa chamada "Redes Colaborativas de Organizações". Dentre as pesquisas promovidas por essa disciplina destaca-se o estudo das "Organizações Virtuais" (OVs). Um dos aspectos críticos relacionados à formação de OVs é a seleção de seus parceiros, ou seja, como selecionar as organizações mais aptas a participar de uma OV. Neste contexto, um dos assuntos relacionados diz respeito aos critérios utilizados para essa seleção, mais especificamente, aos indicadores de desempenho a serem aplicados como critérios para a seleção de parceiros para OVs. Considerando a complexidade desta tarefa, este trabalho apresenta um arcabouço desenvolvido para auxiliar o usuário na identificação e seleção dos indicadores de desempenho apropriados para comparar e sugerir organizações que sejam capazes de satisfazer os requisitos da oportunidade de colaboração. Este arcabouço compreende uma metodologia que utiliza recuperação de informação baseada em semântica para selecionar os indicadores...

‣ Plataforma para suporte ao ciclo de vida de organizações virtuais e seleção dinâmica de parceiros e fornecedores

Castro, António Augusto Machado Arrais de
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 21/09/2015 Português
Relevância na Pesquisa
47.90967%
Tese de Doutoramento em Engenharia Industrial e de Sistemas; As empresas enfrentam atualmente desafios crescentes motivados pela globalização. Por um lado, veêm crescer o número de concorrentes com os quais terão que competir para manterem a sua quota de mercado, e com quem terão que lidar no contexto de qualquer estratégia de crescimento. Por outro lado, encontram um conjunto alargado de oportunidades de entrada em novos mercados e de potencial aumento de penetração nos mercados em que operam, devido à crescente mitigação de barreiras geográficas, políticas e económicas. As estratégias de diversificação de mercados criam nas empresas a motivação para produzir novos produtos e disponibilizar novos serviços aos seus clientes. Adicionalmente, as estratégias de desenvolvimento de mercado assentes na conquista de clientes em novos segmentos geográficos e demográficos, ou na conquista de clientes potenciais nos segmentos existentes, podem ser suportadas por uma maior diversificação de produtos e maior agilidade ao nível do negócio. A diversificação de produtos e o aumento da agilidade dos processos requerem das empresas a posse de um leque cada vez mais amplo de competências de produção, logísticas...

‣ VIRTUALS ORGANIZATION:contribution for the state of art; ORGANIZAÇÕES VIRTUAIS:contribuição ao estado da arte

Jacoski, Claudio Alcides; Abreu, Aline França de
Fonte: UFPB Publicador: UFPB
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2001 Português
Relevância na Pesquisa
48.40495%
The accentuated growth in new technologies and an enlargement in the development of virtual organisations, generates, discussion concerning how these companies should be, what are their necessary characteristics, in what stage of virtuakisation these companies should be classified, what are the training needs of virtual communities. In an attempt to contribute to the state of the art on the theme of virtual organisations, this work presents a bibliographic collection with regard to concepts of: what is virtual, organisational arrangements and virtualisation of processes, communities and virtual organisations.; Com o crescimento de novas tecnologias, e ampliação do desenvolvimento de organizações virtuais, emerge a discussão a respeito de como devem ser estas empresas, quais as características necessárias, em que estágios de virtualização estas empresas podem ser classificadas e qual a real necessidade de formação de comunidades virtuais. Buscando trazer contribuições a respeito do estado da arte no tema organizações virtuais, apresenta-se uma coletânea bibliográfica a respeito de conceitos sobre: virtual, arranjos organizacionais e virtualização de processos, comunidades e organizações virtuais.